GM anuncia a saída da concordata - Nova empresa se chamará General Motors Company

A montadora norte-americana General Motors anunciou oficialmente nesta sexta-feira (10), em Detroit, a sua saída da concordata e início do seu plano de reestruturação e criação da "nova companhia" que se chamará General Motors Company (GMC). O plano de criação da companhia teve início com o repasse de US$ 50 bilhões, de origem dos governos norte-americano e canadense, para a compra dos ativos da GM. A Nova GM será formada pelas marcas Chevrolet, Cadillac, GMC. No acordo, o governo dos EUA será controlador de 60,8% , enquanto o governo do Canadá será responsável pelo controle de 11,7% da nova empresa. Neste processo de reestruturação, a GM teve que reduzir benefícios dos seus funcionários (sendo 48 bilhões de dólares somente com seguro-saúde), fechar quase 40% de sua rede de concessionárias além de eliminar as marcas Saab, Saturn, Hummer e Pontiac. Na Europa, o processo de venda da Opel ainda está em andamento.

Seja parte de algo grande