Acidente armado de Nelson Piquet no GP de Cingapura faz Briatore ser banido da Fórmula 1

Após as informações divulgadas por Nelson Piquet sobre a armação no GP de Cingapura de 2008, Flavio Briatore foi julgado na manhã desta segunda-feira (21) e banido da Fórmula 1 pelo período de dois anos. Flavio Briatore, que saiu da Renault no dia 16 de setembro, não poderá ter nenhum envolvimento com a categoria pelo período de dois anos. Atém mesmo a função de empresário que exerce para vários pilotos da F-1, como Fernando Alonso, Mark Webber, Heikki Kovalainen e Romain Grosjean, terá que ser interrompida. Sobrou também para o diretor de engenharia da escuderia, Pat Symonds, que foi suspenso por cinco anos de quaisquer competições organizadas pela FIA. A equipe Renault permanece na disputa do campeonato, mas será excluída se cometer qualquer infração grave nos próximos dois anos. O piloto Nelsinho Piquet teve a imunidade confirmada e não foi punido. Resta saber agora se alguma equipe, a não ser a do pai dele, confiará em seu trabalho na Fórmula 1.

Seja parte de algo grande