Honda tem prejuízo de US$ 2,91 bilhões no 1º trimestre mas fecha ano fiscal com lucro de US$ 1,43 bilhão

Após passar 15 anos sem registrar prejuízos num primeiro trimestre, a Honda comunicou à imprensa japonesa nesta terça-feira (28) através do vice-presidente executivo da marca, Koichi Kondo, que registrou prejuízos de US$ 2,91 bilhões no primeiro trimestre de 2009, mas mesmo assim, fechou o ano fiscal 2008/2009 com lucro. Devido a crise financeira que afeta a economia mundial, a Honda registrou queda de 35% nas suas vendas globais. Apenas o mercado norte-americano foi responsável por 50% deste total. O volume de vendas globais ficou em 680 mil unidades neste período, enquanto nos EUA a marca comercializou apenas 219 mil unidades. Mesmo este forte prejuízo, a montadora informou que fechou o ano fiscal 2008-2009 com lucro. De abril de 2008 a março de 2009, a Honda registrou um lucro líquido de 137 bilhões de ienes (1,43 bilhão de dólares), o que representa uma queda de 77,2% em comparação com o exercício anterior, mas acima da previsão da empresa, que era de 80 bilhões de ienes. Para o exercício 2009-2010, que começou em 1º de abril, a Honda prevê um lucro líquido de 40 bilhões de ienes (-70,8% em ritmo anual) com um volume de negócios de 8,37 trilhões de ienes (-16,4%) e um lucro operacional de 10 bilhões de ienes (-94,7%).

Seja parte de algo grande