Depois da Chrysler: Meta da Fiat agora é fechar parceria com a Opel

Segundo informações publicadas pelo jornal italiano La Stampa, o próximo objetivo da montadora italiana Fiat é fechar uma parceira com a marca alemã Opel, subsidiária da General Motors. A informação foi confirmada pelo presidente da Fiat um dia após a aliança firmada com Chrysler anunciada pelo presidente dos EUA, Barack Obama dos EUA. Em entrevista do presidente-executivo da Fiat publicada nesta sexta-feira (1º) pelo jornal italiano, Sergio Marchionne informou que a Fiat manterá seu comprometimento com a Itália, e disse também: "Agora nós temos que nos concentrar na Opel. Eles são nosso parceiro perfeito". Assim como a General Motors nos EUA, a Opel também enfrenta problemas econômicos devido à crise financeira mundial. Recentemente, o governo alemão informou que não iria ajudar a marca caso ela repassasse dinheiro à seda nos EUA. Após esta comunicação, tanto a Opel quanto a britânica Vauxhall – também ligada à General Motors – declararam que cogitam se separar parcialmente da empresa norte-americana para garantirem seus futuros.

Seja parte de algo grande