Expedição Citroën AirCross: inscrições até 1 de outubro

O concurso promovido pela Citroën que vai selecionar 10 pessoas para estrelar o reality da Expedição Citroën AIRCROSS, com roteiros por lugares exóticos e pouco conhecidos em 20 cidades do Brasil, recebe inscrições dos candidatos até o dia 1 de outubro. Para participar do processo de seleção para uma das dez vagas, os interessados devem postar no site www.expedicaocitroenaircross.com.br um vídeo que responda a pergunta: "Por que eu devo participar da Expedição Citröen AIRCROSS". As melhores performances serão eleitas e a experiência dos dez escolhidos, durante a viagem, vai virar um reality exibido em 13 episódios pelo Multishow. Os expedicionários vão contar com recursos de tecnologia digital e estarão conectados com todas as redes sociais, com links de satélite em tempo real para transmitir as impressões e descobertas da viagem no Twitter, Facebook etc. Uma estrutura operacional, com cerca de 70 profissionais, foi montada para o projeto, envolvendo desde apoio logístico até esportistas profissionais, médicos, chefs de cozinha, músicos e antropólogos. Os chefs de cozinha terão como missão criar receitas usando ingredientes locais, os músicos deverão captar os sons de cada região e transformá-los em trilha sonora da viagem e os antropólogos farão um levantamento de traços marcantes da cultura, costumes e das tradições de cada um dos povoados visitados – de aldeias indígenas a comunidades quilombolas. A viagem terá início no Rio de Janeiro, dia 10 de novembro, percorrerá todo o Brasil, e terminará em São Paulo, dia 10 de dezembro. A Expedição remonta as viagens de André Citröen, fundador da companhia, feitas entre as duas grandes guerras mundiais. A primeira delas, ao deserto do Saara, aconteceu entre os anos de 1922 e 1923; a segunda, uma travessia pela África, de 1924 a 1925; e a última, pela Ásia Central, de 1931 a 1932. Além de testar (e mostrar) a robustez de seus carros, em cada uma das viagens André Citröen levava consigo uma equipe para registrar os traços culturais das regiões pelas quais passava.

Seja parte de algo grande