Nissan March supera expectativa e atinge 54 mil pedidos

A Nissan anunciou nesta quarta-feira, 15 de setembro, que o novo compacto March superou a marca de 54.000 pedidos de compra pelo mundo todo no último dia 13 de setembro, seis meses depois do primeiro lançamento mundial, que aconteceu na Tailândia. Muito superior à expectativa da empresa, os pedidos de compra do Nissan March ultrapassaram, em um curto período de tempo, as metas regionais mensais e anuais. Lançado pela primeira vez na Tailândia em meados de março, ele alcançou 25.700 pedidos, que é 28% a mais que sua meta inicial de 20.000 unidades para o mercado tailandês no período de seis meses. Dois meses depois de seu lançamento no Japão no dia 13 de julho, os pedidos de compra chegaram a 21.857 unidades. Isso representa mais de cinco vezes a meta mensal de 4.000 unidades. Na Índia, o Nissan March recebeu aproximadamente 4.000 pedidos de clientes desde o início das reservas, em 25 de maio. Para a China, as ordens de venda atingiram 3.000 pedidos, duas semanas depois das vendas terem iniciado, em 30 de agosto.
Nissan March supera expectativa e atinge 54 mil pedidos
"Esta demanda pelo Nissan March dá um ótimo testemunho de sua excelente aceitação dos clientes pelo nosso mais novo compacto mundial, que criou um conjunto de novos padrões da indústria pela sua inteligente engenharia. Acredito que este seja o primeiro e significativo passo da Nissan para alcançar a marca de 1 milhão de unidades de vendas dos seus três modelos baseados em nossa mais nova plataforma desenvolvida, a V-2013", afirma Akihisa Suzuki, gerente de Marketing da Nissan Global, sobre o Nissan March.
Nissan March supera expectativa e atinge 54 mil pedidos
A Nissan atribui a boa receptividade do modelo a eficiência no consumo de combustível, ao citar a média de 20 km/litro em medições no padrão europeu. No Japão, o destaque fica por conta da adoção do novo sistema Idling Stop (que desliga e liga o motor nos grandes trânsitos urbanos), item presente em cerca de 80% dos pedidos. O Nissan March também será comercializado no Brasil no ano que vem. Apesar de confirmar que o compacto virá do México, a Nissan ainda não divulgou detalhes e equipamentos que a versão brasileira terá.

Seja parte de algo grande