Dia Mundial Sem Carro: Temos alternativas?

Hoje, 22 de Setembro, é o celebrado o Dia Mundial sem Carro. O principal objetivo desta data é incentivar alternativas ao uso do carro, como transporte coletivo, bicicletas, skate ou mesmo andar a pé. Mas no Brasil isso é possível? Tomando como exemplo apenas a cidade de São Paulo, uma pesquisa realizada pelo Movimento Nossa São Paulo e Instituto Ibope mostra que os moradores da cidade gastam, em média, duas horas e 42 minutos por dia com deslocamentos para realizar suas atividades cotidianas. Segundo o levantamento, só para ir e voltar do trabalho, o paulistano gasta, em média, uma hora e 49 minutos. Do total de entrevistados, 11% gastam três horas ou mais. A pesquisa mostra que 68% dos entrevistados consideram a situação do trânsito de São Paulo péssima ou ruim. Todos os serviços de locomoção receberam da população nota abaixo da média. Em uma escala de 1 a 10, o item trânsito teve nota 3,3. A idéia do Dia Mundial Sem Carro é uma iniciativa louvável, mas que é praticamente ignorada pela grande maioria da população principalmente pela péssima qualidade do transporte urbano, como demonstra a pesquisa. Se em um dia comum já é complicado, imaginem com um aumento repentino do volume de pessoas utilizando os serviços. A solução é a bicicleta? Bem, são raras as ciclovias instaladas nas cidades. Nas grandes metrópoles, o risco de sofrer um acidente também pesa na decisão de não se utilizar a bicicleta como transporte alternativo. Carros Ultra-Compactos? Elétricos? No Brasil, a única alternativa que pode ser considerada ultra-compacta é o smart fortwo, mas seu preço,na casa dos R$ 50 mil, o classifica muito mais como carro de nicho para poucos, bem diferente do que acontece na Europa. Elétricos? Ainda não estão disponíveis no mercado nacional, salvo alguns protótipos dos quais a população no geral não tem acesso. Este é um exemplo de São Paulo. E você leitor, na sua cidade é possível adotar tranquilamente algum meio de transporte alternativo para participar efetivamente do Dia Mundial Sem Carro? Comente!

Seja parte de algo grande