Volvo inicia testes de ônibus híbrido no Brasil

A Volvo Bus Latin America inicia este mês, no Brasil, uma série de testes com seu novo ônibus híbrido, movido a eletricidade e a diesel. O veículo, um chassi 7700 Hybrid, rodará em Curitiba na linha Interbairros 2, uma rota de 42 quilômetros que conecta diversos bairros e terminais de parada. Os testes serão realizados posteriormente em outras cidades brasileiras. Na capital paranaense, a parceria envolve também a URBS, empresa responsável pela gestão do transporte coletivo urbano da cidade. O veículo rodará em Curitiba durante três semanas “Chamada de ‘Híbrido em Paralelo’, a solução híbrida desenvolvida pela Volvo é revolucionária e bem mais avançada que as demais existentes no mercado”, afirma Luis Carlos Pimenta, presidente da Volvo Bus Latin America. O ônibus tem dois motores, um a diesel e outro elétrico, que funcionam em paralelo ou de forma independente. O motor elétrico é utilizado para arrancar o ônibus e acelerá-lo até uma velocidade de aproximadamente 20 quilômetros por hora, e também como gerador de energia durante as frenagens. O motor diesel entra em funcionamento em velocidades mais altas. A cada vez que se acionam os freios, a energia de desaceleração é utilizada para carregar as baterias. Quando o veículo está parado, seja no trânsito, em pontos de ônibus ou em semáforos, o motor diesel fica desligado. Estudos da Volvo demonstram que o tempo que o veículo fica parado pode representar até 50% do período total de operação do ônibus. Durante todo esse tempo, não há emissões de poluentes, pois o motor diesel se apaga completamente. Além da economia de combustível de até 35%, o sistema híbrido da Volvo também reduz as emissões de 80% a 90%, na comparação com motores a diesel convencionais. Este resultado é obtido por causa da alta potência do motor elétrico, o qual possibilita a instalação de um motor diesel menor e mais econômico. A Volvo informa que o seu sistema híbrido reduz não somente as emissões de CO2 (gás carbônico, um dos principais gases responsáveis pelo efeito estufa), mas também de NOx (Óxidos de Nitrogênio, responsáveis por alergias e ardência nos olhos, por exemplo) e de materiais particulados (a fumaça, entre outros). Fonte: Divulgação Volvo

Seja parte de algo grande