Editorial: Será que “pega”?

Com toda certeza você já viu frases de advertência em campanhas de cigarros e de bebidas, quando não em seus próprios rótulos. Porém, o que muita gente não sabe ou não se deu conta é que desde outubro qualquer anúncio que traga informações sobre a indústria automobilística e seus produtos tem que divulgar mensagens educativas de comportamento no trânsito. O que já era previsto na Lei Federal 12.009/06, passou a ser oficial graças a uma portaria, tornando frases como: “Respeite a sinalização de trânsito” e “No trânsito somos todos pedestres”, entre outras, obrigatórias nas campanhas publicitárias. As empresas que descumprirem as normas estarão sujeitas a sanções que vão desde uma advertência por escrito à suspensão de qualquer anúncio do produto por até 60 dias e multa de R$ 1 mil a R$ 5 mil, que será cobrada do dobro até o quíntuplo, em caso de reincidência. Entretanto, diante do que continuamente vemos, por exemplo, acontecer nas estradas brasileiras e no trânsito das grandes cidades o que você, caro leitor, pensa sobre isso? Essa obrigatoriedade vai ajudar a educar o brasileiro e minimizar os frequentes problemas existentes ou servirá como desculpa das autoridades quanto à segurança dos cidadãos? Convido-o a deixar seu comentário e sugestões. Por: Michelle Sá - Fonte: Agência Brasil

Seja parte de algo grande