Mercury: um final nada nobre para décadas de história

Aos 73 anos e com mais de 21 milhões de carros produzidos a Mercury, divisão da Ford, se despede do público.
Mercury: um final nada nobre para décadas de história
Dar mais atenção às marcas Ford e Lincoln, que têm um volume maior de vendas nos EUA, foi o principal motivo apresentado pelo conglomerado proprietário da marca para o encerramento das atividades da Mercury. Desta forma, carros mais rentáveis poderiam ser produzidos e, consequentemente, fortaleceriam o grupo norte-americano.
Mercury: um final nada nobre para décadas de história
Com sede em Saint Thomas, Ontário (Canadá), a montadora fez fama ao fabricar carros como o Cougar, o Marauder e o Comet/Cyclone. O mesmo, entretanto, não acontecerá com Grand Marquis – último modelo da fabricante - que será incorporado à frota de uma empresa ainda não divulgada. Por: Michelle Sá - Fonte: Best Cars Web / Car Magazine

Seja parte de algo grande