Indústria automobilística investe forte para a final do Super Bowl

O Super Bowl é tido como o maior evento esportivo dos Estados Unidos. Prova disso são os recordes de audiência registrados durante as partidas. A paixão dedicada ao futebol americano é tanta que até pouco tempo atrás a publicidade não era tão bem vista por inúmeros fãs do esporte. Hoje, entretanto, a coisa parece ter mudado. De acordo com um estudo feito pelo BIGresearch para a Retail Advertising and Marketing Association, os consumidores andam mais tolerantes com os investimentos publicitários desenvolvidos especialmente para o evento. Para se ter ideia, a rejeição, que no ano passado era de 21%, caiu para 17%, provocando uma verdadeira guerra pela compra dos espaços publicitários. Segundo estimativas, coube à indústria automobilística o maior número de aquisições para o jogo de hoje, 06 de fevereiro. Para cada comercial de 30 segundos a emissora Fox cobrou entre 2,8 e 3 milhões de dólares. Afastada há algum tempo a GM foi uma das grandes montadoras que retornou para brigar pela atenção do público seguida pela BMW, que retorna após uma década de ausência. Já Mercedes-Benz e Suzuki participarão pela primeira vez. Outras que também marcarão presença durante o Super Bowl são: Audi, Chrysler, Hyundai, Kia Motors e Volkswagen. Os anúncios, entretanto, irão além dos jogos. Grande parte dos fabricantes criou estratégias de marketing para os canais de mídia social como Twitter, You Tube e Facebook. E, como vem acontecendo nos últimos dias, quando o Carplace colocou no ar algumas dos mais bem bolados comerciais de carros, nossos amigos não ficarão de fora. Acompanhe abaixo outras peças publicitárias que foram exibidas durante o mega evento, ou melhor, durante um marco de audiência televisiva.
Quando publicamos este vídeo do Mini Darth Vader, o Youtube contabiliza algumas centenas de exibições. Agora, já passam de 15 milhões. Sem dúvida, um novo clássico da propaganda moderna. Por: Michelle Sá - Fonte: Autoweek

Seja parte de algo grande