China segue absoluta nas vendas de automóveis

É bem possível que o BRIC, bloco formado por países emergentes (Brasil, Rússia, Índia e China), novamente surpreenda quando o assunto for vendagem de carros. Segundo afirmou o diretor da consultoria Jato Dynamics do Brasil, Carlos Augusto, os países emergentes estão mostrando mais maturidade e desenvolvimento forte e estruturado. Isso poderá ser notado ainda em 2011 quando, possivelmente, a Índia passe a ocupar a 5ª colocação no número de vendas de carros e a Rússia assuma o 8º lugar. O ano já começou difícil para os Estados Unidos que perderam a primeira colocação para a China e registraram apenas 11,2% de crescimento, com pouco mais de 10 milhões de unidades. Os dados chineses são tão impressionantes que, pelo jeito, será difícil para qualquer outro país retirar do gigante asiático o posto conquistado em 2010, quando o país registrou um crescimento de 35,1% em comparação com 2009 e alcançou a quantia de 13 milhões de automóveis emplacados. Brasil (10,5%) e Reino Unido (3,3%) foram dois dos países que apresentaram crescimento. Itália e Alemanha, por outro lado, não tiveram o que comemorar. O primeiro continuou com seu mercado em queda, com vendas 8,4% menores, e o segundo caiu para a 5ª posição devido à retração de 21,9% no volume de vendas. Os demais países do BRIC, Rússia e Índia, registraram alta de 30,3% e 34,2%, respectivamente. Por: Michelle Sá - Fonte: Uol

Seja parte de algo grande