BMW e PSA Peugeot Citroën vão investir 100 milhões de euros em joint-venture de tecnologias híbridas

Os grupos BMW e PSA Peugeot Citroën anunciaram em Genebra que irão investir 100 milhões de euros na joint-venture de tecnologias híbridas chamado de BMW Peugeot Citroën Electrification. A nova entidade deve funcionar em dois locais, um na periferia de Munique, na Alemanha, e outro em Mulhouse, na França. Os novos componentes híbridos resultantes dessa cooperação vão equipar os veículos de ambos os parceiros a partir de 2014. Philippe Varin, Presidente Mundial de PSA Peugeot Citroën, declarou: "Como fabricantes de automóveis responsáveis, queremos criar uma plataforma européia aberta e favorecer o desenvolvimento de padrões europeus para as tecnologias híbridas. Com essa joint-venture poderemos desenvolver um know-how tecnológico e industrial na Europa voltado para a cadeia de tração elétrica e conservar todo o seu potencial de criação de valor". Norbert Reithofer, Presidente do Conselho de Administração da BMW AG, acrescentou: "BMW e PSA Peugeot Citroën compartilham a mesma visão sobre a importância da hibridação no futuro. Com essa joint-venture nós poderemos adotar uma abordagem única e comum para agir de maneira mais estratégica. Nossa colaboração também vai se traduzir em importantes economias de escala, custos de desenvolvimento partilhados, utilização de componentes padronizados e aceleração do processo de desenvolvimento". A unidade de Munique abrigará todas as atividades de pesquisa e desenvolvimento, assim como as compras, e a de Mulhouse concentrará as atividades industriais. Os 400 funcionários previstos no final de 2011 ficarão em Munique. A previsão é que em Mulhouse serão criados empregos complementares no início das operações, em 2014. Quando a fábrica estiver funcionando em plena capacidade, ela empregará cerca de 250 pessoas. A BMW e a PSA Peugeot Citroën mantêm há quase dez anos uma cooperação bem-sucedida. Em 2002, os dois parceiros assinaram um acordo de cooperação para desenvolver e fabricar motores de 4 cilindros. Entre 2006 e 2010, produziram em conjunto 1,8 milhão de motores que equipam os modelos da MINI bem como das marcas Peugeot e Citroën. Em fevereiro de 2010, ambos os parceiros se comprometeram a desenvolver a próxima geração de motores de 4 cilindros a gasolina, em conformidade com a norma Euro 6.

Seja parte de algo grande