Bugatti anuncia venda do último exemplar do esportivo Veyron

A Bugatti anunciou nesta semana que vendeu a última unidade do esportivo Veyron. Carregando o título de primeiro modelo de rua a ultrapassar a marca de 400 km/h, o bólido teve apenas 300 unidades fabricadas. O felizardo comprador do último exemplar não teve a identidade revelada. Considerado o automóvel de série mais caro do mundo, custando a bagatela de 1,7 milhão de dólares, o Veyron teve sua produção iniciada em 2003. Debaixo do capô, o superesportivo usa um motor W16 capaz de render 1.001 cavalos de potência e 127,4 kgfm de torque, além de gastar apenas 2,5 segundos para ir de 0 a 100km/h. Continua à venda, porém, a versão Super Sport com 1.200 cavalos e 150 exemplares produzidos. Por Dyogo Fagundes  - Fonte: Divulgação

Seja parte de algo grande