Aumento do IPI: Montadoras nacionais também vão reajustar preços dos importados

Com a alta do IPI para veículos importados, montadoras com fábrica aqui no Brasil também vão reposicionar os preços dos modelos que não cumprem o requisito estabelecido pelo governo para o "desconto" no imposto. Nesta semana se encerra o prazo para as montadoras informarem o governo com a lista dos percentuais de nacionalização de cada modelo.
Aumento do IPI: Montadoras nacionais também vão reajustar preços dos importados
Na Volkswagen, os modelos que sofrerão reajustes são o Passat, nas versões sedã 2.0, CC e Variant e o Tiguan 2.0, ambos fabricados na Alemanha e o Touareg, tanto o V6 quanto V8, fabricado na Eslováquia.
Aumento do IPI: Montadoras nacionais também vão reajustar preços dos importados
Na GM, aumentam os preços do Camaro (Canadá), Omega Fittipaldi (Austrália) e Malibu (EUA). Na Ford será o Edge V6 e Limited (Canadá).
Aumento do IPI: Montadoras nacionais também vão reajustar preços dos importados
No caso da Citroën, o C4 Picasso, Grand C4 Picasso e C5 (sedã e tourer) terão aumento nos preços. Na Peugeot, o único modelo a sofrer reajuste é o 3008. Na Honda, somente o Accord 2.0 e 3.5 V6 terá preço reajustado enquanto na Toyota serão os modelos Camry, Land Cruiser e RAV 4x2 e 4x4.
Aumento do IPI: Montadoras nacionais também vão reajustar preços dos importados
Na Mitsubishi, preços sobem para o ASX 4x2 e 4x4, Lancer Evolution X, Outlander 2.0 e GT e Pajero Full 3.2 3p e 3.8 V6 5p. Nenhuma das montadoras ainda definiu o repasse no preço final, mas todas confirmaram que ainda existem modelos faturados em estoque sem a alta do IPI. Por: Julio César via Quatro Rodas

Seja parte de algo grande