VÍDEO: Carro movido a vento atravessa a Austrália ao custo de 15 dólares

Desenvolvido pelos alemães Dirk Gion e Stefan Simmerer, um protótipo de carro movido com auxílio da força do vento completou um percurso de quase 4 mil quilômetros entre as cidades de Sidney e Perth, na Austrália. O Wind Explorer, como é chamado, utilizou uma turbina de vento hasteada por um bambu, além das baterias de lítio – que podem ser recarregadas à noite -, para cruzar o país de leste a oeste. Em 18 dias, a uma velocidade máxima de 80 km/h, o veículo proporcionou três recordes aos dois esportistas: de primeiro carro movido a vento a cruzar um continente, de maior extensão total percorrida e maior distância em 36 horas percorrida por esse tipo de veículo. Inclusas as baterias, o peso total do Wind Explorer, que foi fabricado em fibra de carbono sobre uma camada de alumínio, é de apenas 200 kg. O custo total da viagem foi de 15 dólares. Contudo, segundo os alemães, o valor poderia ser menor. No início do percurso, a dupla se viu obrigada a abastecer o carro com energia elétrica por conta do pouco vento. Ainda assim, como o maior trajeto foi feito através da energia do vento, os recordes não foram invalidados. Por: Michelle Sá / Fonte: Olhar Digital

Seja parte de algo grande