Garagem CARPLACE: "Quanto custa?" e "É Flex?" são as duas principais perguntas sobre o JAC J3 Turin

É interessante andar com um carro recém-lançado no mercado. É ainda mais interessante quando se trata de uma marca completamente nova, desconhecida. Quando paramos no pedágio, a pergunta esperada era "o Sr. tem dinheiro trocado?", mas ao invés disso, a pergunta foi "Que marca é essa da estrela ali na frente?". As dúvidas são muitas. As duas perguntas mais frequentes são: "Quanto custa?", vinda geralmente depois de uma bela olhada em torno do carro e também na parte interna. Na sequência quase que inevitavelmente vem a clássica: "É flex?". Lembramos que na região metropolitana de São Paulo, usar etanol é vantajoso em grande parte do ano (com exceção deste momento em que o preço está alto).
Garagem CARPLACE: "Quanto custa?" e "É Flex?" são as duas principais perguntas sobre o JAC J3 Turin
De forma curiosa, depois vem a pergunta sobre a motorização: "É 1.6?". "Qual o nome do carro?" vem na sequência. Os mais interessados perguntam sem vem completo com "ar e direção" e ficam espantados quando ficam sabendo que tem também freios ABS com EBD, airbags e rádio com CD/MP3 com USB de série. "Que marca é essa?" é a mais interessante. Até então, ninguém arriscou dizer que era chinês. O design atual (origem italiana) escondem esse detalhe. Quando informamos que é uma marca chinesa, a desconfiança chega forte e começam as perguntas sobre durabilidade, peças de reposição e assistência técnica. A informação de que a garantia é de 6 anos sem limite de quilometragem causa espanto na maioria. Esses são os desafios da JAC Motors. Vocês leitores tem um nível de informação mais apurado, mas o grande público vai pelo que a propaganda dos jornais, revistas e TV mostram.

Seja parte de algo grande