Preço do álcool anidro tem maior alta nos últimos 8 anos

A maioria dos proprietários de carros flex já vinha percebendo que o preço do álcool havia subido além do esperado, mas a Fundação Getúlio Vargas (FGV) foi além e realizou um levantamento em que constatou que a inflação do álcool anidro (sem adição de água) chegou em 2011 ao seu maior índice nos últimos 8 anos. Nos últimos 12 meses, o preço no atacado subiu 46,08%, algo atípico em período de safra de cana-de-açúcar. Em virtude deste aumento, os preços do álcool combustível e da gasolina também subiram. E o que está ruim tende a piorar: de acordo com outro estudo, desta vez realizado pela consultoria Projeto Brasil Sustentável, o quadro de preços altos tende a se manter nos próximos 10 anos em virtude da carência de oferta de etanol. Se as taxas de crescimento do setor forem mantidas, haverá um déficit superior a 25% nos próximos cinco anos e que poderá chegar a 40% em 2021, quando a safra estimada será de 970 milhões de toneladas, contra uma demanda prevista de 1,3 bilhões de toneladas. Diante deste cenário, qual será o futuro do carro flex? As discussões estão abertas. Por Thiago Parísio / Fonte: G1 (por Agência Estado)

Seja parte de algo grande