Condenadas: Fiat, empresa de capitalização e corretora são julgadas por propaganda enganosa

A montadora Fiat, a Sul América Capitalização e a corretora SWG foram condenadas pela justiça carioca por propaganda enganosa. Na ação civil pública subscrita pelo promotor Carlos Andresano Moreira, da 3ª Promotoria de Justiça de Defesa do Consumidor da Capital, as três empresas lesaram diversos consumidores com falsas promessas de desconto em consórcio de vendas de veículos. De acordo com o processo, os consumidores eram atraídos com uma falsa promessa de seguro grátis, durante um ano, na aquisição de um veículo Fiat zero quilômetro. Para ter direito ao seguro, os clientes deveriam pagar um determinado valor, sem juros, em até 60 prestações. Para o Ministério Público isso se caracterizava um plano de capitalização, uma vez que no consórcio existe a garantia de que, quando as prestações terminarem, o bem será entregue. Já nos planos de capitalização isso não acontece. O MP recebeu reclamações de diversos compradores que afirmaram ter pago 35 parcelas para poder participar do “consórcio”. Muitos pensaram estar comprando um carro, mas, na verdade, estavam concorrendo a uma quantia em dinheiro, que as empresas diziam ser equivalente ao valor do veículo. A Sul América Capitalização deverá restituir em dobro todas as prestações pagas, com juros e correção monetária. Além disto, todas as empresas envolvidas no processo deverão indenizar os consumidores envolvidos por danos materiais e morais. Por Michelle Sá / Fonte: Diario de Pernambuco

Seja parte de algo grande