Tribunal da Flórida absolve motorista que alertava os outros com sinais de faróis

Um motorista do estado da Flórida nos Estados Unidos ganhou uma ação com base na Primeira Emenda contra o Gabinete do Xerife do Condado de Seminole, que o multou injustamente pelo fato dele piscar os faróis para avisar os outros motoristas sobre a existência de um radar de velocidade. De acordo com o jornal Orlando Sentinel, um juiz do Tribunal afirmou que o agente que tinha multado Ryan Kintner aplicou uma lei estadual que proíbe piscar os faróis, porém decidiu que piscar os faróis para se comunicar com os outros motoristas se qualifica como um ato constitucionalmente protegido que garante o direito de se expressar. Esta vitória para Kintner pode ser apenas um trampolim para outros casos semelhantes. Segundo o relatório, o seu advogado se baseou em uma ação coletiva que acusa a Patrulha Rodoviária da Flórida de deliberadamente violar uma ordem judicial de 2005 que proibia a polícia de multar os motoristas que piscassem os faróis. O relatório diz que este caso tem uma audiência marcada para o próximo mês. Por Julio Cesar / Fonte: Orlando Sentinel, Autoblog

Seja parte de algo grande