Lamborghini Aventador pode ganhar sistema de desativação de cilindros

A onda da economia máxima de combustível está saindo da seara dos carros médios e compactos e chegando ao rol dos grandes esportivos. Decidida a otimizar os níveis de consumo e emissões do seu principal produto atualmente, a italiana Lamborghini deverá adotar em breve um sistema de desativação de cilindros no Aventador. Segundo a imprensa europeia, a novidade será apresentada no Salão de Paris e consiste no desligamento de seis dos doze cilindros do motor do Aventador quando sua utilização não for necessária, como situações de trânsito lento por exemplo. Com as alterações, a expectativa é que o esportivo passe a fazer uma média de 6,25 km/l com emissões de 370 gramas de CO2/km. Por Dyogo Fagundes - Fonte: Divulgação

Seja parte de algo grande