Avaliação: Chevrolet Spin LTZ entrega bom padrão de dirigibilidade

O Garagem Carplace avaliou durante uma semana a grande aposta da GM no segmento de minivans: a Chevrolet Spin. A unidade cedida pela marca é a versão de topo, a LTZ, equipada com o câmbio automático sequêncial. O modelo que a Chevrolet classifica como MPV (Multi Purpose Vehicle) tem a missão de substituir a Meriva e a Zafira. Confira nesta matéria todos os detalhes e impressões sobre a Spin LTZ. Visual
Avaliação: Chevrolet Spin LTZ entrega bom padrão de dirigibilidade
A nova Chevrolet Spin adota um visual que não lembra em nada os modelos que ela substitui, se destacando pela frente com os grandes faróis e a grade bipartida que são marca registrada da nova identidade da Chevrolet. Pelo porte mais avantajado, esta dianteira casou melhor com o modelo.
Avaliação: Chevrolet Spin LTZ entrega bom padrão de dirigibilidade
Nas laterais, a Chevrolet Spin tem vincos semelhantes ao do Cobalt, com ressaltos nas áreas próximas aos para-lamas. Por ser um carro grande, a área envidraçada pode ser considerada relativamente pequena. Na traseira, as lanternas remetem a outro modelo da marca, o Agile.
Avaliação: Chevrolet Spin LTZ entrega bom padrão de dirigibilidade
Acabamento e equipamentos O interior segue o padrão de design e materiais utilizados no sedã Cobalt, que em nossa opinião, é agradável com cores claras e embora tenha aspecto simples, utiliza materiais de boa qualidade. No entanto, algumas peças poderiam ter um capricho melhor no alinhamento.
Avaliação: Chevrolet Spin LTZ entrega bom padrão de dirigibilidade
A lista de itens de série e adequada ao preço, quando comparado aos concorrentes, entregando na versão básica LT os freios ABS, airbags frontais, ar-condicionado, direção hidráulica além de vidros e travas elétricas.
Avaliação: Chevrolet Spin LTZ entrega bom padrão de dirigibilidade
Os bancos são muito confortáveis, mas assim como no Cobalt, os apoios laterais são muito saltados e podem incomodar um pouco em longos trajetos. O acesso aos comandos é fácil e prático sem complicações sendo que na versão avaliada, a LTZ, havia ainda comandos de som no volante, retrovisores elétricos e sensor de ré com aviso sonoro. O sistema de áudio com MP3/USB/Bluetooth com os devidos ajustes proporciona um som de boa qualidade.
Avaliação: Chevrolet Spin LTZ entrega bom padrão de dirigibilidade
Na versão de sete lugares, a fileira do meio fica com os assentos em posição fixa e muito vertical, o que pode incomodar um pouco. Na última fileira o espaço é reduzido, mas mesmo assim é possível levar dois adultos desde que não tenham estatura muito elevada.
Avaliação: Chevrolet Spin LTZ entrega bom padrão de dirigibilidade
O sistema de rebatimento dos bancos é feito através de travas que não são difíceis de acionar e que contam com um pequeno cordão para prender os mesmos quando estão dobrados. Impressões ao dirigir
Avaliação: Chevrolet Spin LTZ entrega bom padrão de dirigibilidade
Ao entrar no modelo nos deparamos com a posição de dirigir bem alta, o que é agradável diante da proposta do carro. A visibilidade também é muito boa à frente e nas laterais. Ao ligar o motor é notável o bom isolamento acústico que absorve de forma satisfatória os ruídos externos e do motor. O motor 1.8 sofreu modificações para reduzir consumo e emissões e acabou tendo a potência reduzida para 108 cv com etanol e torque máximo de 17,1 kgf/m. O motor tem funcionamento um pouco áspero acima de 3.000 rpm. mas o fato é atenuado pelo bom torque disponível em baixas rotações e pelo bom isolamento acústico.
Avaliação: Chevrolet Spin LTZ entrega bom padrão de dirigibilidade
A Spin tem uma suspensão bem acertada, oferendo firmeza e segurança na condução não apresentando oscilações excessivas na carroceria e ao mesmo tempo proporcionando conforto ao rodar, um dos pontos altos do modelo em nossa opinião. Na estrada também passa segurança mesmo sendo um carro alto com estabilidade correta em curvas mais acentuadas. Em rodovias pode-se trafegar em sexta marcha com rotação em torno de 2.100 rpm a 100 km/h e baixo nível de ruído. Por ser um modelo com proposta familiar ele foi conduzido como tal e o consumo em trechos urbanos ficou na marca de 6,2 km/l e na rodovia chegou à marca de 9,0 km/l, sempre abastecido com etanol.
Avaliação: Chevrolet Spin LTZ entrega bom padrão de dirigibilidade
O câmbio sequencial de seis velocidades efetua as trocas com suavidade, porém é muito lento nas mudanças em velocidades mais baixas, fato que incomoda no trânsito urbano. Na estrada, o câmbio automático trabalha bem melhor e oferece uma condução mais prazerosa. As frenagens são satisfatórias com um pouco de inclinação e sem desvio de trajetória graças ao sistema ABS com disco na dianteira e tambor nas rodas traseiras. Conclusões
Avaliação: Chevrolet Spin LTZ entrega bom padrão de dirigibilidade
O Spin é um modelo concebido para mercados emergentes e apesar disso possui boa qualidade de construção e acabamento dentro do esperado. O modelo substitui a Meriva com um projeto que adota plataforma e câmbio mais modernos além da melhor dirigibilidade e conforto. De fato a Spin não tem os refinamentos e a sofisticação presentes na Zafira, como o ótimo sistema Flex-7 dos bancos traseiros da veterana, mas oferece projeto moderno e bom custo-benefício. Como pontos positivos, destacamos a boa dirigibilidade, muito parecida com a do Cobalt, acabamento interno com visual agradável, o conforto e os itens de série. O consumo da versão automática, apesar de nada absurdo, e a ausência do sistema Flex-7 para os bancos traseiros são os pontos que consideramos negativos. No geral, a Chevrolet Spin, pelo preço e aplicação a que se destina, possui um conjunto de características positivas que se sobressaem e que a tornam uma opção interessante para quem precisa espaço para até sete pessoas. O motor 1.8, apesar de entregar apenas 108 cavalos, atende bem à minivan graças ao seu bom torque de 17,1 kgfm entregue em baixas rotações. Preços do Chevrolet Spin Spin LT 1 – R$ 44.590 Spin LT 2 (com rodas de liga leve) – R$ 45.990 Spin LT 3 – Câmbio automático – R$ 49.690 Spin LTZ 1 – R$ 50.990 (traz faróis e lanternas de neblina, rack de teto, retrovisores elétricos, sensor de estacionamento, controles no volantee acabamento diferenciado) Spin LTZ 2 – Automático – R$ 54.690 Avaliação em Vídeo Confira também, na terceira parte do programa CARPLACE TV, mais detalhes da avaliação da Chevrolet Spin: Galeria de Fotos

Seja parte de algo grande