Volkswagen Santana está voltando - Sedã já está pronto na China

No mês passado, o BNDES aprovou financiamento de R$ 342 milhões para a Volkswagen do Brasil e confirmou que o montante seria destinado à produção de novos modelos. A família Up! já estava praticamente confirmada e recentes flagras "oficializam" a linha por aqui. No entanto, um dos modelos ainda era uma incógnita, sendo tratado apenas como um novo sedã médio. Para a alegria dos saudosistas, ele está voltando: o Volkswagen Santana. Na China, o Novo Santana já é uma realidade. A nova geração substituirá o veterano modelo, o mesmo que foi vendido no Brasil e ainda permanece em linha em três versões. Até a revista inglesa AutoCar já andou em protótipo do modelo, sem o logo da fabricante, mas nem precisava, pois a identidade global já entrega o jogo.
Volkswagen Santana está voltando - Sedã já está pronto na China
Para o mercado chinês, a Volkswagen decidiu utilizar a mesma plataforma PQ25, ou seja, a mesma do nosso Polo Sedan. É esta plataforma que também deve ser utilizada para a produção do Novo Santana brasileiro (nome que ainda não está definido oficialmente), provavelmente com entre-eixos maior. Com a volta do modelo, a Volkswagen entrará na briga dos sedãs compactos espaçosos, como Chevrolet Cobalt e Nissan Versa, apesar de classifica-lo como sedã médio.
Volkswagen Santana está voltando - Sedã já está pronto na China
Por aqui, o Novo Santana deve ocupar o espaço do atual Polo Sedan, modelo que já está defasado em relação ao europeu, e obviamente, com preço mais atrativo que o Jetta. Podemos esperar assim um Novo Santana equipado com o motor 1.6 de 8 válvulas, o mesmo que equipa as linhas Gol, Fox, Polo e Golf. Uma possível versão 2.0 também pode ser oferecida com atual propulsor 2.0 de 8 válvulas que atualmente entrega até 120 cavalos de potência. Fotos: AutoCar

Seja parte de algo grande