Japão prepara força-tarefa para viabilizar carros movidos a hidrogênio

O Japão pretende promover uma ampla parceria público-privada para acelerar a infraestrutura e criar mais estações de reabastecimento de hidrogênio em tempo recorde. Para resolver o problema, o país vai criar uma "força-tarefa", liderada por Yuriko Koike, ex-ministra do Meio Ambiente, e apoiada pelo Partido Liberal Democrático do país. Marcas como Toyota, Nissan, Honda e Kawasaki estão se empenhando para tentar acelerar o desenvolvimento da infra-estrutura e ao mesmo tempo ajudando a reduzir os custos envolvidos na produção de veículos elétricos movidos a célula de combustível de hidrogênio (FCEV).
Japão prepara força-tarefa para viabilizar carros movidos a hidrogênio
Todos os esforços são orientados no sentido de ter uma infra-estrutura de abastecimento no Japão até 2015. Embora a Toyota tenha trabalhado na versão de produção de um FCEV, a Honda, que aluga alguns do seu FCX Clarity FCEV nos EUA, foi notícia recentemente por firmar uma parceria com a General Motors no co-desenvolvimento de um sistema de células de combustível até o final da década.
Japão prepara força-tarefa para viabilizar carros movidos a hidrogênio
Enquanto isso, a Nissan, que é mais conhecida pelo seu trabalho com veículos elétricos, afirmou que vai atuar junto com a Ford e Mercedes-Benz em sua própria tecnologia de células de combustível. O jornal Japan Times informou que 13 empresas, incluindo a JX Nippon Oil & Energy Corp, bem como as principais montadoras, estavam trabalhando no desenvolvimento de cerca de 100 postos de abastecimento de hidrogênio em várias cidades do Japão.

Seja parte de algo grande