Novo SUV nacional é vendido com preço de tabela; versões 1.6 só a partir de fevereiro

Prometido para a segunda quinzena de janeiro, o Hyundai Creta já está sendo exposto em algumas concessionárias da HMB (Hyundai Motor Brasil), inclusive em unidades para test-drive. Mas somente nas versões com motor 2.0. Quem quiser o modelo 1.6 terá de esperar até meados de fevereiro, quando as versões de entrada entram em produção na fábrica de Piracicaba (SP).

Na revenda visitada pela reportagem do Motor1, na capital paulista, havia duas unidades expostas (uma na versão 2.0 Pulse e outra na 2.0 Prestige) e uma para test-drive (2.0 Prestige). Segundo o vendedor, apenas o Creta 2.0 está disponível a pronta entrega, em cores limitadas - havia somente branco, preto e verde. A estratégia de começar as vendas pelas versões mais caras é comum na indústria automotiva, pois a procura inicial costuma ser pelos modelos mais completos. No caso do Creta, em especifico, é na versão de topo Prestige que estão os itens mais desejados, como ar digital, central multimídia e bancos de couro, entre outros equipamentos.

Hyundai Creta loja BR
Hyundai Creta loja BR

Na versão 2.0 Pulse, o interior é um tanto pobre para um carro que custa R$ 92.490, com o painel todo preto, bancos de tecido e ar-condicionado analógico. Ao comparar com a versão Prestige, de R$ 99.490, o modelo mais caro acaba compensando a diferença de preço pelo recheio - sem falar que os bancos de couro marrom e os apliques em marrom no painel dão uma aparência mais refinada à cabine.

Leia também:

Todas as versões do Creta, mesmo sob encomenda, estão sendo vendidas pelo preço de tabela:

Creta Attitude 1.6 manual – R$ 72.990
Creta Attitute 1.6 automático – R$ 69.990 (exclusivo para PNE)
Creta Pulse 1.6 manual – R$ 78.290
Creta Pulse 1.6 automático R$ 85.240
Creta Pulse 2.0 automático – R$ 92.490
Creta Prestige 2.0 automático – R$ 99.490
     

Seja parte de algo grande