O novo ano terá SUVs, picape, hatchbacks e até um superesportivo há muito tempo prometido

Nenhum ano se inicia sem que tenhamos feito um balanço do anterior e planos para o novo. Depois de falarmos dos mais vendidos em 2016, chegou a hora de pensar em que carros você pode desejar colocar na garagem em 2017. Haverá lançamentos de todo tipo: hatch, picape, crossover, sedã... Você talvez só estranhe falarmos de 11 (12, se você contar o X6S). Por que não 10? Simples: porque surgiu, de última hora, mais um modelo que tende a ser bem importante no mercado. E os que já havíamos selecionados eram relevantes demais para ficar de fora. Seguem nossa lista de 11 modelos para você se preparar para as novidades. É questão de ver o que cabe no bolso e na vaga de casa. 

1º - Chevrolet Equinox

Flagra do Chevrolet Equinox no Brasil

O que é?

O SUV médio da GM acaba de trocar de geração no Salão de Detroit. Posicionado acima do Tracker, terá a missão de substituir por aqui o Captiva Sport, sendo importado do México. Mede ao todo 4,65 m de comprimento, 1,84 m de largura, 1,66 m de altura e um entre-eixos de 2,73 m, e usa a conhecida plataforma D2XX - a mesma do Cruze. Tem motores, 1.5 de 4 cilindros turbinado de 173 cv e 28 kgfm, 2.0 turbo de 256 cv e 36 kgfm, e 1.6 turbodiesel de 137 cv e 32,6 kgfm. O câmbio é automático de seis ou nove marchas.

Quando chega?

Apesar de a Chevrolet ainda não confirmar, a expectativa é que o lançamento aconteça até o fim deste ano.

Por que vale esperar?

Fará a ponte entre o Tracker e o Trailblazer, como um dos modelos mais refinados da marca à venda aqui. Deve rivalizar diretamente com Hyundai New Tucson, Toyota RAV4 e Volkswagen Tiguan. 

2° - Fiat X6H e X6S

Fiat X6H flagra

O que são? 

O novo hatch da Fiat terá a missão de substituir o Punto e o Palio de uma só vez - o Palio aos poucos. Com porte de Sandero, ele promete amplo espaço interno e de porta-malas. Já o design terá toques do primo europeu Fiat Tipo, como na grade dianteira e nas lanternas traseiras estreitas, que invadem a tampa. Usará motores Firefly 1.0 e 1.3 nas versões Attractive, além do 1.8 E.torQ nas Essence e Sporting. Será o primeiro Fiat compacto com câmbio automático de verdade (versões 1.8), mas manterá o automatizado Dualogic no modelo 1.3. Dividirá componentes internos com a Toro. O X6S será sua versão sedã, produzida na Argentina, para o lugar do Linea e das versões mais caras do Grand Siena.

Quando chegam? 

Os protótipos do hatch já rodam com a carroceria final sob fina camada de adesivo de disfarce, o que indica proximidade do lançamento. Segundo nossas fontes, a apresentação será em maio, mas o nome ainda não foi definido - pode ser uma nomenclatura inédita. O sedã virá no segundo semestre, mais para o fim do ano.

Por que vale esperar? 

Finalmente o Punto vai ganhar uma nova geração, após quase 10 anos. O X6H vai posicionar a Fiat entre os compactos e compactos "premium" ao mesmo tempo, colocando a marca de volta na briga tanto com Onix e HB20 quanto com Fiesta e 208. Já o sedã vai bater de frente com Cobalt, Versa e Etios, principalmente. 

3° - Ford EcoSport

ford ecosport 2018 abre

O que é? 

A Ford vai enfim reagir aos tantos SUVs compactos que chegaram ao mercado depois dele. Era para o EcoSport renovado ter aparecido no Salão de São Paulo, mas a matriz decidiu que ele deveria fazer sua estreia no Salão de Los Angeles, uma vez que passará a ser vendido nos EUA em 2018. Antes, porém, ele chega aqui. E virá com novo visual, painel e interior mais refinados, um novo motor e, finalmente, uma central multimídia com tela sensível ao toque. O Eco será o primeiro Ford brasileiro a usar o propulsor 1.5 de 3 cilindros da família Dragon, que promete ser um dos mais econômicos da categoria. 

Quando chega? 

Tudo indica que ele começa a ser vendido ainda no primeiro trimestre deste ano, em uma apresentação "parcelada". O primeiro a aparecer será o 2.0, que passará a contar com injeção direta de gasolina. Em seguida vem o 1.5 Dragon e, por fim, o AWD. Tudo ainda neste ano. 

Por que vale esperar? 

Um modelo que foi o pioneiro do segmento sempre conta com a simpatia de quem prefere apostar no conhecido. Mas o novo EcoSport não corrigirá problemas como o pouco espaço interno ou para bagagens, ainda que enderece boa parte das demais reclamações. Diante das opções todas do mercado, só espere por ele se tiver muita simpatia pelo veterano.  

4º - Ford Mustang

Ford Mustang GT

O que é? 

Após anos de espera, o muscle norte-americano finalmente passará a ser vendido de forma oficial no Brasil. Não se engane com a foto aí de cima, usada apenas para efeitos de ilustração: ele chegará por aqui já em versão reestilizada, com visual mais agressivo e linhas modernizadas. A gama de versões e motores disponíveis ainda não foi definida, mas a expectativa gira em torno do lançamento das configurações mais caras, equipadas com motor V8 ou V6 EcoBoost.

Quando chega?

Durante o Salão do Automóvel de São Paulo, no ano passado, a Ford confirmou que o modelo estará disponível em regime de pré-venda a partir do segundo semestre e, finalmente, chegará às lojas em 2018.

Por que vale esperar?

Será o grande chamariz para as concessionárias da marca por aqui. Promete travar um belo duelo com o Chevrolet Camaro - trazido para cá desde a geração passada. Os preços devem ficar na casa dos R$ 300 mil, na média da concorrência.

5º - Honda WR-V

Honda WR-V 2017

O que é?

Chamado pela Honda de “Mini-SUV”, o WR-V é uma versão mais alta do Fit, baseado no Fit Twist e com visual próprio. Posicionado abaixo do HR-V, ele é o menor modelo na família de "SUVs" da marca, concorrendo com as versões mais baratas de modelos como EcoSport e Duster.

Quando chega?

Durante o Salão do Automóvel, a Honda confirmou que o modelo chegaria ainda no primeiro semestre de 2017.  

Por que esperar?

Apesar de não custar barato, será uma opção mais em conta para quem aprecia o Fit, quer um carro mais alto e com visual mais parrudo, porém não pode pagar por um HR-V.

6º - Hyundai i30

2017 Hyundai i30 reveal

O que é?

Hatch médio que chegou a ser líder de vendas do segmento quando ao chegou ao Brasil, o i30 tenta se reinventar e voltar a ocupar seu espaço no mercado. Nesta nova geração, ele ficou mais leve, com melhor dirigibilidade, estilo "europeu" e, de quebra, recebeu dois motores turbo (1.0 e 1.4). 

Quando chega?

Ainda sem confirmação oficial, a expectativa de chegada é para o segundo semestre de 2017. 

Por que esperar?

Se o i30 da primeira geração empolgava pelo desempenho, visual e custo benefício, o modelo atual deixou a desejar em alguns quesitos, entre eles acabamento e desempenho. O novo i30 2017 promete ser bom ao volante, eficiente e ainda terá acabamento mais refinado, sem contar a oferta de itens de tecnologia.

7º - Nissan Frontier

Salão do Automóvel: Nova Nissan Frontier chega em 2017 com 190 cv e sete marchas

O que é?

Picape média da Nissan em geração inteiramente nova. Chegará para desempenhar o papel de representante da marca em um dos segmentos mais acirrados do mercado, sendo inicialmente importada do México. A partir do ano que vem, começa a ser produzida na Argentina, ao lado das irmãs Renault Alaskan e Mercedes-Benz Classe X. Virá equipada com motor 2.3 turbodiesel de 190 cv de potência e 45,9 kgfm de torque, ligado a um câmbio automático de 7 marchas e tração integral.

Quando chega?

Já flagrada em testes, deve chegar efetivamente ainda no primeiro trimestre deste ano. O lançamento deve começar pela versão topo de gama LE, com preço na média da concorrência (entre R$ 180 mil e R$ 200 mil).

Por que vale esperar?

Vem sendo anunciada pela marca como a melhor da categoria em termos de vão livre e de capacidade off-road. Traz novidades mecânicas interessantes para o segmento, como a suspensão traseira por eixo rígido com sistema multilink, no lugar do tradicional e pouco confortável feixe de molas. 

8º - Peugeot 3008

Essai Peugeot 3008 II

O que é?

A minivan virou um belo SUV. Importado, ele será a arma da Peugeot em 2017, com seu desenho chamativo e interior moderno, com painel em tela de TFT e acabamento primoroso. Usará o já conhecido 1.6 Turbo “THP” de 165 cv com câmbio automático de 6 marchas, e terá até um patinete elétrico no porta-malas nas primeiras unidades vendidas.

Quando chega?

Primeiro semestre de 2017.

Por que vale esperar?

O 3008 quer colocar outro patamar para os SUVs médios, com acabamento e desenho mais esportivos, mas sem deixar o espaço interno de lado. No primeiro contato durante o Salão de São Paulo, não deixou nada a desejar.

9º - Renault Captur

Renault Captur Brasil

O que é?

Feito na mesma plataforma do Duster, o Captur ficará posicionado acima dele na linha Renault. Terá equipamentos como controles de tração e estabilidade, partida com chave tipo cartão (como o Fluence) e amplo espaço interno para entrar na briga contra Honda HR-V e cia. Usará o novo motor 1.6 SCe com até 120 cv ligado ao câmbio CVT e o 2.0, ainda com o automático de 4 marchas.

Quando chega?

Logo. A pré-venda já está rolando. As entregas começam entre fevereiro e março.

Por que vale esperar?

É um SUV e só isso já bastaria para os muitos fãs do segmento. Mas tem outras qualidades, como espaço interno e pacote de equipamentos. Ainda estamos curiosos sobre como irão conversar o câmbio CVT e o motor 1.6 SCe.

10° - Renault Kwid

Renault Kwid Outsider Concept

O que é?

Um dos mais vendidos da Índia, o Renault Kwid chegará ao Brasil para ocupar a linha de entrada da marca no lugar do Clio. Antes de ser lançado, ele teria sido extensamente modificado, principalmente na parte estrutural, para não pagar os mesmos “micos” do indiano nos crash tests. Ele já apareceu no Salão de São Paulo como um “conceito”, mas apenas para disfarçar. O carro pronto é praticamente o Kwid Outdoor, só sem os detalhes coloridos por fora e com o motor 1.0 SCe de 3 cilindros que chegou ao Sandero/Logan.

Quando chega?

Segundo a Renault, o SUV Captur será lançado antes, mas o Kwid fará sua estreia ainda no primeiro semestre de 2017.

Por que vale esperar?

A Renault não fala sobre o Kwid ser o carro mais barato do país, mas ele terá diferenciais perante a concorrência (leia-se Fiat Mobi e Volkswagen up!), como airbags laterais, e motor econômico, com bom desempenho. 

11º - Toyota Corolla

Toyota Corolla 2018

O que é?

Best-seller mundial da Toyota, o Corolla também é sedã médio mais vendido por aqui, mesmo com a chegada do arquirrival, o novo Honda Civic. Conservadora, a marca japonesa não vai aplicar mudanças radicais no visual. Espere por algo bem próximo ao facelift já lançado em alguns mercados da Europa e Ásia.

Quando chega?

Sem confirmação oficial, sua chegada é especulada para o primeiro semestre de 2017. 

Por que esperar?

Além do tapa no visual, o Corolla deve receber novidades importantes em termos de segurança. Terá enfim o controle de estabilidade, com possibilidade de receber (ao menos como opcional) o pacote de segurança da Toyota, que traz alertas de saída de faixa e pré-colisão, entre outros.

Fotos: divulgação/arquivo Motor1.com

 

Seja parte de algo grande