Depois do Novo Tracker, Chevrolet confirma que um novo modelo irá completar o seu "ano de SUVs"

Depois do lançamento do Novo Tracker, um novo modelo inédito será lançado no Brasil até o fim de 2017. Esta afirmação foi feita por Marcos Munhoz, vice-presidente da GM do Brasil, durante coletiva de lançamento do novo Cruze Sport6. Faltava apenas saber qual modelo seria este.

Em Detroit, no evento de lançamento do novo Tracker, as pistas começaram a ser dadas. Segundo os executivos da montadora, 2017 será o ano dos SUVs para a Chevrolet no Brasil. SUVs? A revelação do dia por aqui é o totalmente novo Traverse, mas pelo seu porte, foi de forma enfática descartado para o nosso país. Mas a resposta para a pergunta estava ao lado: o também novo Equinox.

Apresentado nos Estados Unidos e com vendas iniciando nos próximos meses, o Chevrolet Equinox é o único modelo que se encaixa nessa brecha. Ele será produzido no México, o que indica que o caminho que a marca deve seguir. Sobre uma possível produção na Argentina, uma fonte na GM negou a informação: "O Equinox será feito no México".

Mesmo com todas as evidências, a direção nega qualquer informação a respeito do Equinox no Brasil, mirando os holofotes para o Tracker, neste momento.

 

Chevrolet Equinox deve chegar ao Brasil em 2018

 

O novo Equinox, em sua terceira geração, é construído sobre a mesma plataforma dos Cruze, chamada de D2XX. Ele tem 4,65 m de comprimento, 1,84 m de largura, 1,66 m de altura e um entre-eixos de 2,73 m. Ele é a versão Chevrolet do Buick Envision. E é bem menor do que o Equinox de segunda geração, que tinha 2,86 m de entre-eixos e 4,77 m de comprimento.

 

Chevrolet Equinox deve chegar ao Brasil em 2018

 

O interior denuncia seu parentesco com o Cruze, como mostram o volante e outros elementos. Mas os motores são diferentes. Enquanto o Cruze vem equipado com o 1.4 Ecotec de 153 cv, o Equinox será vendido nos Estados Unidos com duas opções: um 1.5 de 4 cilindros turbinado de 173 cv e 28 kgfm e um 2.0, também sobrealimentado e com 4 canecos, de 256 cv e 36 kgfm. Nos EUA, há também a opção de um 1.6 turbodiesel de 137 cv e 32,6 kgfm. Como o Equinox oferece a opção de tração nas quatro rodas, essa opção também poderá ser importada.

Leia também:

O lançamento do Equinox no Brasil deve acontecer no segundo semestre, mais para o final do ano. No mercado americano, o Equinox parte de US$ 24.475, ou R$ 78.445, segundo o câmbio do dia 6 de janeiro. Ele é oferecido nas versões L, LS, LT e Premium, com tração dianteira ou integral.

Texto atualizado às 13h14 de 9/01/2017

(com a colaboração de Gustavo Henrique Ruffo)

Fotos: Fábio Trindade

 

Seja parte de algo grande