Novo hatch é pego rodando em comboio na capital paulista; estreia será em maio

A Fiat já não se importa mais de esconder seu próximo lançamento. Prova disso é que um comboio de X6H roda mas cercanias da Avenida Paulista, um dos pontos mais movimentados de São Paulo. Cobertos por uma leve camuflagem adesiva, os modelos foram flagrados pelo leitor Emerson Morishita na manhã desta quinta-feira (02). 

Fiat X6H flagra SP
Fiat X6H flagra SP

Além de enviar as imagens, Emerson também nos disse que os carros estavam equipados com o sistema stop/start, pois era possível perceber o motor desligando e religando a cada parada. Esse será um dos recursos do X6H para redução de consumo de combustível, nas versões 1.3 e 1.8. Aproveitando, vamos destacar 10 coisas que já sabemos sobre o próximo compacto da Fiat.

  1. Ele substituirá o Punto e as versões mais caras do Palio. A intenção da Fiat é matar dois coelhos com uma cajadada só, fazendo um hatch do porte do Sandero que ofereça mais espaço que o Palio e seja mais completo que o Punto nas versões topo de linha. Comprimento ficará na casa dos 4 metros, com cerca de 1,75 m de largura.
  2. Design terá elementos do Tipo europeu. O X6H não é uma versão "abrasileirada" do Tipo como chegaram a dizer por aí, ele apenas vai aproveitar alguns elementos de design do hatch médio europeu - que nada mais é que atual linguagem de desenho da Fiat para automóveis. O X6H tem design nacional, chefiado por Peter Fassbender, com destaque para a frente baixa com o recorte do capô avançando sobre a grade e lanternas traseiras estilo Alfa Romeo, horizontais e com uma parte mais estreita adentrando a tampa do porta-malas.  
  3. O X6H será o primeiro compacto da Fiat a ter câmbio automático com conversor de torque. Será a mesma caixa da Aisin de 6 marchas usada pela Toro, não por acaso ligada ao mesmo motor 1.8 E.TorQ da picape. Nas versões 1.3, com motor Firefly, haverá o câmbio automatizado Dualogic em opção ao manual. Na 1.0 3 cilindros, apenas transmissão manual.
  4. As versões de acabamento serão Attractive 1.0, Attractive 1.3, Essence 1.8 e Sporting 1.8.
  5. O interior será o mais refinado dos compactos da Fiat até então, incluindo diversos componentes vindos da Toro, como o quadro de instrumentos - embora com grafismo exclusivo. Haverá ainda uma nova central multimídia com a tela destacada no painel.
  6. Na parte construtiva, o X6H já vai nascer com o novo rigor da FCA aplicado ao Mobi e a Toro, com extenso uso de aços de alta resistência e menores gaps de carroceria. O lançamento, inclusive, foi atrasado em cerca de um mês por conta do controle de qualidade. Assim, a apresentação à imprensa deverá acontecer no fim de maio, com chegada às lojas em junho somente.
  7. Controle de estabilidade com função de assistente de partida em rampa será item de série a partir da versão Attractive 1.3. Na 1.0, deverá ser oferecido como opcional. Já a direção será elétrica com função City em todas as versões. Ativado por um botão no painel, o sistema deixa o volante 50% mais leve para manobras.
  8. A Fiat estuda um nome inédito para o modelo, assim como aconteceu com o Mobi. Assim, ele não deverá aproveitar nem Palio nem Punto na nomenclatura, para reforçar o fato de ser uma novidade. 
  9. Preços deverão partir de R$ 45 mil, na versão Attractive 1.0, e deverão superar os R$ 70 mil na versão Sporting 1.8 automática completa.
  10. Depois do hatch X6H, será lançado o sedã X6S (produzido na Argentina) para substituir o Linea e as versões mais caras do Grand Siena. Por fim, em 2018 chega a picape X6P, para o lugar da Strada.        

 

Seja parte de algo grande