O motor é menor, mas provavelmente não menos divertido

Os europeus o curtiram por anos, aí quando o Ford Fiesta ST finalmente chegou aos Estados Unidos em 2013 (e nada no Brasil...), descobrimos o motivo para tanta diversão. O Fiesta ST é um exemplo de hot hatch, oferecendo gigantescos níveis de diversão e performance pelo seu tamanho e preço. Pessoalmente, fui sortudo por dirigir vários Fiesta ST no gelo, no autocross e em track days, fora as melhores estradas de Michigan, e amei cada minuto. Será este o caso do totalmente renovado?

Baseado no que já sabemos até agora, sim. A versão 2018, que fará sua estreia durante o Salão de Genebra em março antes de chegar nas lojas da Europa no começo do ano que vem, segue a receita básica que fez o atual ST tão bom. Há o motor turbo, câmbio manual de seis marchas e conjuntos de suspensão e freios para transformar as estradas sinuosas em retas. Vamos falar exatamente como o novo se compara com o ST que se despedirá em breve. 

Como ele aparenta?

Ford Fiesta ST3 (three-door)
2018 Ford Fiesta ST

Baseado na última geração do Ford Fiesta, o novo ST adota um visual muito mais moderno na dianteira. Há uma grade mais pronunciada, lanternas maiores, e o Fiesta ST fica bem próximo do estilo do Focus. Como antes, há toques esportivos: ponteiras duplas no escapamento em um difusor, um belo spoiler na tampa traseira, pinças de freio vermelhas, desenho diferenciado na grade e rodas de 18" com novo desenho (17" é item de série no atual). O Fiesta ST provavelmente passará despercebido se você não sabe o que ele é, mas quem conhece logo o reconhecerá. Falando nisso, os europeus poderão comprá-lo em três e cinco portas, mas os Estados Unidos receberão apenas a variante de cinco portas. O Brasil, nem as portas. 

O que há sob o capô?

Ford Fiesta ST3 (three-door)
2018 Ford Fiesta ST

Ele lembra que ainda estamos na era do downsizing: o novo Fiesta ST tem motor 1.5 3-cilindros, com turbo, resultando em 200 cv e 29,6 kgfm de torque. Mas enquanto o motor encolhe, o torque sobe massivamente: o antigo 1.6 turbo tinha os mesmos 200 cv e 24,4 kgfm de torque com overbooster no mercado americano. O câmbio manual de seis marchas continua a única opção. 

No novo carro, esperamos um 0 a 100 km/h em 6,7 segundos, 0,2 mais rápido que o ST anterior. Enquanto não temos os gráficos de rotação, a Ford diz que o novo motor acorda mais cedo e entrega torque por mais tempo. 

O novo motor é interessante, feito sobre o 1.0 turbo de 3 cilindros (EcoBoost), presente nos demais Fiesta (e no Titanium brasileiro). Há duplo comando de válvulas variável e injeção direta para otimizar a potência, mais uma válvula de escape ativa que pode ajustar o ronco que sai pelas ponteiras. Há ainda o Electronic Sound Enhancemente, que usa o sistema de som do carro para complementar o natural; goste ou não, é comum em muitos carros esportivos modernos. 

Sobre a suspensão e freios?

2018 Ford Fiesta ST


Exatamente a melhor parte no atual Fiesta ST: uma rápida e responsiva plataforma que diverte. Esperamos o mesmo do novo, e mesmo a Ford não divulgando as especificações, podemos ver que este ST usa freios maiores e grudentos pneus Michelin Pilot Sport em generosa medida 205/40R18. Há três modos no controle de estabilidade, ligado, "meio-termo" e desligado. E um sistema de vetorização de torque eletrônico que controla os freios dianteiros para reduzir a saída de frente. 

Como é o interior?

Ford Fiesta ST3 (three-door)
2018 Ford Fiesta ST


Como no Fiesta "comum", o novo ST tem um interior melhorado e mais moderno que o anterior, com sistema multimídia sensível ao toque, como um tablet, instalado no painel. Na esportividade, volante com base chata, bancos Recaro e seletor de modo de condução (primeira vez em um Fiesta) com modos Normal, Sport e modos de pista (Track) que mudam o gerenciamento do sistema de escapamento ativo, respostas do acelerador, controle de estabilidade e peso de direção. Há ainda o SYNC 3 com Apple CarPlay e Android Auto, teto- solar panorâmico e sistema de som Bang & Olufsen. 

É econômico?

2018 Ford Fiesta ST

O novo 3-cilindros possui sistema de desativação de cilindros para economizar gasolina. A Ford diz que ele pode ativar e desativar em 14 milisegundos. O carro ainda possui filtro de partículas de escapamento para reduzir as emissões. Claro que é cedo para falar em números, mas sinaliza para uma melhora dos atuais 11 km/l na cidade, 14 km/l na estrada e 12,3 km/l no combinado. 

Quando posso comprar um?

2018 Ford Fiesta ST

Se você está na Europa, no começo de 2018. A Ford não disse nada sobre quando o Fiesta ST chega aos Estados Unidos, mas prevemos algo como mais 1 ano para por as mãos no hot hatch. No Brasil? Provavelmente, nunca. Infelizmente. 

Seja parte de algo grande