Como anda a nova versão endiabrada do BMW Série 1, a M140i - e como ela se sai diante do poderoso M2

 

Está claro: com um mínimo de R$ 379.950 no bolso, desfrutar de um BMW M2 Coupé (veja nosso teste instrumentado) é um prazer quase irresistível. No entanto, para quem não quer gastar tanto, a marca bávara acaba de lançar um outro esportivo igualmente interessante, com desempenho que também assusta. Estamos falando do escalão imediatamente inferior ao M2, o novo BMW 140i, que estreou no Salão de São Paulo por R$ 269.950. Não conhece? Uns meses atrás ele se chamava M135i...

 

BMW M140i 2017

Série 1 ou Série 2?

Em função do gosto ou necessidade de cada consumidor, a excelente mecânica 3.0 turboalimentada da BMW com 6 cilindros em linha é oferecida tanto no hatch, disponível no Brasil apenas com carroceria quatro portas, quanto no cupê de duas portas.

No M140i, a cilindrada passa de 2.979 para 2.998 cm3 e alcança a cifra de 340 cv de potência, o mesmo que anos atrás alcançava o já lendário M1 Coupé. Voltando ao presente, o torque máximo está definido em 51 kgfm entre 1.500 a 4.500 rpm, e se consegue combinar a um consumo médio de 14 km/l, de acordo com a BMW. No M2, são 370 cv e os mesmos 51 kgfm na função overboost - normalmente fica em 47,4 kgfm.

 

Leia também:

 

Ambos desfrutam de tração traseira e câmbio automático com controle de largada (novidade na 140i). Mas o hatch usa transmissão Steptronic com conversor de torque e 8 marchas, enquanto o M2, mais nervoso, traz uma caixa de dupla embreagem e 7 marchas, com trocas ainda mais rápidas.

 

BMW M140i 2017

 

Cara a cara com o irmão maior, o M140i revela um comportamento um pouco mais dócil, com suspensão menor rígida e direção menos pesada - afinal, ele não é legítimo M, mas sim um modelo com "pacote" M. Apesar disso, o hatch anda quase igual, com a BMW indicando aceleração de 0 a 100 km/h em 4,6 segundos - apenas 0,3 extras em relação a M2, que em nosso teste na verdade precisou de 4,8 s nesta prova. A máxima é limitada em 250 km/h nos dois casos.

 

BMW M140i 2017

 

Quando levamos em consideração o que cada um custa pelo que entrega, no entanto, o M140i desponta. Ele dispõe de 340 cv, tem a facilidade de acesso proporcionada pelas quatro portas e se revela suficientemente cômodo para uso diário. Fora isso, a direção é bastante precisa, o chassi tem ótimas respostas e o motor entrega uma performance que se sobressai. Mesmo seu câmbio automático, não tão nervoso quanto o DCT do M2, é uma referência no que diz respeito a aproveitamento da força disponível. 

Talvez isso não seja muito importante quando o assunto é esportivo, mas a tração traseira rouba parte do espaço interno, principalmente na traseira - mal que também assola o M2. Já o porta-malas é um pouco menor que o do cupê, com 360 contra 390 litros. 

BMW M140i 2017
BMW M140i 2017
BMW M140i 2017

Outro ponto de atenção para os interessados é que o BMW Série 1 da atual geração não é exatamente a última palavra em modernidade. Sua renovação está próxima, e ele ganhará uma imagem completamente nova e uma plataforma de tração dianteira - a mesma que equipa o Série 2 Tourer e o X1. Por outro lado, o atual M140i é uma das últimas oportunidades de comprar um hatch de tração traseira.

Diante disso, e com a calculadora em mãos, o novato sai vitorioso contra o M2. Afinal, ele é quase tão esportivo quanto e custa R$ 110.000 a menos que o cupê da Motorsports, que segue se impondo pela dinâmica e exclusividade.  

Fotos: Motor1 

BMW M140i Steptronic 2017

Motor Gasolina, 6 cilindros em linha, turboalimentado
Potência 340 cv a 5.500 rpm / 51 kgfm entre 1.500 e 4.500 rpm
Transmissão Steptronic, automática com conversor de torque, 8 marchas
0-100 KM/H 4,6 s
Velocidade Máxima 250 (limitada)
Consumo 14 km/l
Direção Elétrica, tração traseira
Peso 1.475 kg
Capacidade de passageiros 5
Volume do porta-malas 360
Preço Base R$ 269.950

Seja parte de algo grande