Primeiro utilitario da marca italiana tem forte apelo esportivo

Sem dúvida alguma, o lugar mais apropriado para avaliar o novo Alfa Romeo Stelvio 2017 teria sido o Passo Stelvio, o pórtico de montanha mais alto da Itália e uma das estradas de serra mais míticas de toda a Europa, com 25 quilômetros e mais de 75 curvas. No entanto, nos meses de inverno ela fica fechada, o que fez a Alfa buscar uma boa alternativa: os trajetos tortuosos nos arredores de St. Moritz e Livign. Com subidas, descidas e curvas cegas, parece um bom lugar para provar o inédito SUV da marca italiana.

Após muita espera, vamos colocar nossas mãos num Stelvio 2.2 Diesel Q4, de 210 cv, pintado na cor Vermelho Competition e com rodas de aro 20", um carro que chama poderosamente a atenção em meio ao ambiente branco da neve. Antes de mais nada, seu preço de 48.300 euros na Europa (cerca de R$ 155 mil) nos dá uma ideia do que podemos esperar dele. A saber, o novo SUV fabricado em Cassino (Itália) deriva diretamente do Giulia, ou seja, ele deverá oferecer prazer de condução e dinamismo próximos aos de um sedã esportivo.

 

Alfa Romeo Stelvio

 

Está certo que, ao vivo, o design do Stelvio indica sua vocação esportiva. Na verdade, esta versão "normal" com motor turbodiesel não tem a aparência tão agressiva como a do Stelvio Quadrifoglio, de 510 cv. Mas é inegavelmente atraente. Além disso, a grade em forma de escudo e a traseira arredondada servem para distingui-lo de rivais como Audi Q5, BMW X3, Mercedes GLC... e, de certo modo, faz com que ele seja concorrente dos BMW X4 e Mercedes GLC Coupé.

Pelo projeto, o Stelvio combina as qualidades de um SUV com as de um sedã. Por exemplo, ele tem o desenho esportivo do Giulia, porém, com o espaço interno de um utilitário-esportivo. Graças à distancia entre-eixos de quase 2,2 metros, três adultos podem viajar comodamente no banco traseiro - embora o túnel de transmissão roube um pouco de espaço das pernas do passageiro central. O porta-malas oferece 525 litros de capacidade, além de ter formas regulares e incluir um kit de reparação de furos de pneus por baixo do assoalho (no lugar do estepe).

 

Alfa Romeo Stelvio

 

Todos os materiais da cabine são de alta qualidade, desde o revestimento dos bancos até os acabamentos das portas e do painel. O pacote de comodidades também quatro portas USB que, junto da tomada 12V, são muito úteis na hora de recarregar telefones celulares ou outros dispositivos eletrônicos. 

O posto de comando do Stelvio está situado 19 cm mais alto que o do Giulia, mas, uma vez acomodado, pouco se nota esta elevação. Isso porque todos os elementos rodeiam o condutor, do mesmo modo que fazem no sedã. Esta característica faz com que a sensação de inclinação nas curvas seja menor que a habitual em SUVs.

Alfa Romeo Stelvio
Alfa Romeo Stelvio

Por outro lado, a agilidade do Stelvio é surpreendente, graças a suspensão firme, mas, que mesmo assim, não se mostra incômoda e absorve as irregularidades com eficácia razoável, em que pese as rodas aro 20". Outra virtude do SUV da Alfa Romeo é ser esbelto: mesmo com 1.659 kg, ele é cerca de 100 kg mais leve que seus rivais diretos. Esta qualidade, combinada com a precisão da direção, a divisão de 50% do peso em cada eixo e a tração integral Q4 fazem com que o Stelvio transmita uma agradável sensação de esperteza.

 

A transmissão automática com conversor de torque da ZF, de 8 marchas, tem funcionamento impecável.

 

Quanto ao motor 2.2 turbodiesel de 210 cv, ele oferece a contundência própria de sua potência e, como sempre, o câmbio automático de 8 marchas da ZF faz um trabalho impecável. Além disso, os freios entregam potência mais que razoável, e aguentaram bastante bem as exigências duras da avaliação. Em resumo, podemos dizer que o lado Sport de Sport Utility Vehicle (SUV) tem uma dimensão bastante acentuada no Stelvio.

De início, somente o motor 2.2 a diesel de nossa avaliação e um 2.0 turbo a gasolina de 280 cv serão oferecidos. Mais tarde, chegarão as versões de entrada da gama, com propulsores 2.2 diesel de 180 cv e 2.0 turbo a gasolina de 200 cv, assim como a versão superesportiva Quadrifoglio, com motor V6 biturbo de 510 cv.

 

Alfa Romeo Stelvio

 

E no Brasil?

São muitas as variáveis que envolvem o retorno da Alfa Romeo ao país, como cotação do dólar, crise, investimento em outras empresas do grupo, etc. Mas o próprio chefão da FCA, Sergio Marchionne, disse que a volta da Alfa ao Brasil está nos planos, possivelmente para 2018. E nada melhor do que um SUV de luxo, categoria que agrada bastante aos brasileiros endinheirados, para marcar esta reestreia em grande estilo.

 

Alfa Romeo Stelvio Super 2.2 Diesel Q4 210 CV

Motor Turbodiesel, 4 cilindros em linha, 2.143 cc
Potência 210 cv a 3.750 rpm / 47,9 kgfm a 1.750 rpm
Transmissão Automática com conversor de torque, 8 marchas
0-100 KM/H 6,6 segundos
Velocidade Máxima 215 km/h
Consumo 20,8 km/l
Direção Tração integral Q4
Peso 1.650 kg
Capacidade de passageiros 5
Volume do porta-malas 525 litros
Preço Base 48.300 euros (apox. R$ 155 mil) na Espanha

Seja parte de algo grande