Avaliação Hyundai i30 2017 - Sem medo nenhum do VW Golf

A chegada ao mercado de qualquer novo hatchback médio de cinco portas desencadeia inevitáveis comparações com o Volkswagen Golf, uma verdadeira referência na categoria, há anos entre os carros mais vendidos na Europa e vice-líder de mercado no Brasil. É uma comparação que nenhuma empresa pode se dar ao luxo de ignorar, especialmente quando as suas ambições são elevadas, como é o caso da Hyundai.

 

Avaliação do novo Hyundai i30 2018

 

Por sua vez, a marca coreana melhora a qualidade de seus carros e reduz a desvantagem que até poucos anos atrás parecia insuperável. A nova geração do i30, a terceira, não interrompe esse processo de crescimento e desafia o Golf com suas próprias armas, ou seja, a qualidade de construção e a sensação de segurança que ele transmite ao condutor. O novo modelo começa a ser vendido na Itália em meados de fevereiro, mas preferiu nos dizer desde já a que ele veio.

Como ele é

A terceira geração do i30 segue o estilo dos mais recentes Hyundai e adota a grade dianteira grande, chamada de cascading grille (grade em cascata), mas isso não priva o carro de uma certa elegância e sobriedade.

 

Avaliação do novo Hyundai i30 2018

 

A abordagem de estilo foi mostrada desde o início do projeto e é semelhante à escolhida pela Volkswagen, que desenha o Golf com o objetivo de torná-lo sólido e acima de tudo tranquilizador. Os carros nesta categoria são destinados a famílias e podem, por isso, se dar ao luxo de renunciar a caprichos que muitas vezes parecem completamente fora do lugar. É por isso que o Hyundai i30 pode ter apenas rodas de aro 16" ou 17", indicadas para o conforto, mas não para a estética.

 

Avaliação do novo Hyundai i30 2018

 

O objetivo é claro ao se olhar o porta-malas, com espaço sem cantos mortos e muito generoso (495 litros) em relação às dimensões externas (o i30 tem 4,34 m de comprimento). Mas o espaço para os passageiros traseiros é apenas médio: pessoas altas, com mais de 1,80 m, vão sentir falta de espaço para os joelhos.

Como ele anda

A posição de condução, muito agradável, não reflete a configuração familiar do carro e se mostra acolhedora.

 

Avaliação do novo Hyundai i30 2018

 

A tela no painel, sensível ao toque e de 8", e os assentos ventilados (opcionais) também aumentam a sensação de qualidade a bordo, que não é afetada pelo plástico rígido ao toque usado na parte inferior do painel (na superior, ele é suave). Tudo parece sólido e bem montado.

 

 

A mesma pegada também é encontrada no carro em movimento, graças ao bom isolamento acústico e ao trabalho feito no comportamento dinâmico: o novo i30 parece mais equilibrado e mais ágil na resposta aos comandos, mantendo ao mesmo tempo uma clara vocação para o conforto, como é evidente a partir da calibração pouco incisiva da direção.

 

Avaliação do novo Hyundai i30 2018

 

A sensação de conforto é reforçada pelo motor 1.4 GDi a gasolina (140 cv), turbo com injeção direta, o que torna a condução suave e tranquila, especialmente quando combinado com a transmissão automática de dupla embreagem e 7 marchas.

Curiosidade

A briga com o Volkswagen Golf também será travada entre as versões de alto desempenho, que fazem subir quase automaticamente a percepção do carro em termos de prestígio. É por isso que o i30 também estará disponível na versão N, preparada pela divisão de mesmo nome, com um motor de mais de 250 cv e muitos melhoramentos dinâmicos. A intenção é transformá-lo em alternativa ao Renault Megane RS, na Europa, e ao Volkswagen Golf GTI.

Quanto custará

Os preços do Hyundai i30 ainda não foram anunciados, mas é possível estimar algo em torno de 18.500 euros para a versão de entrada, equipada com um motor 1.4 a gasolina e naturalmente aspirado, com 100 cv. O turbodiesel deve custar cerca de 21.500 euros.

 

Avaliação do novo Hyundai i30 2018

 

Os motores disponíveis são o 1.0 turbo de 3 cilindros com 120 cv, os 1.4 que já citamos, aspirado de 100 cv e turbo de 140 cv, além do 1.6 diesel, com potências de 95 cv, 110 cv e 136 cv. Haverá a opção de equipá-lo com alguns sistemas de segurança, como o de frenagem automática de emergência, o alarme anti-colisão, o sistema de controle de cruzeiro adaptativo, o sensor de pontos cegos e de mudança de faixa.

Hyundai i30

Versão testada 1.4 GDI 140 cv 5 portas
Câmbio Automatizado de dupla embreagem e 7 marchas
Tração Dianteira
Consumo médio n.d.
Emissões CO2 n.d.
Aceleração 0 a 100 km/h n.d.
Velocidade máxima n.d.

Leia também:


Fotos:OmniAuto

O OmniAuto é parte do Motor1.com, que detém direitos exclusivos sobre seus conteúdos no Brasil

Leia a avaliação completaVeja menos