General Motors envia notificação de fechamento para mais de 1.100 concessionárias nos EUA

A General Motors (GM) enviou uma notificação nesta sexta-feira (15) para mais de 1.100 concessionárias que nos Estados Unidos informando que não renovará seus contratos que vencem em outubro de 2010. Atualmente, a marca possui mais de seis mil concessionárias naquele país. O executivo da GM, James McDonald, disse: "Nós basicamente estamos dizendo a eles (donos de concessionárias) que não se encaixarão no novo cenário no longo prazo, mas entre agora e depois nós vamos ajudar nessa transição da melhor maneira cada concessionária individualmente". O plano de reestruturação da empresa apresentado ao governo norte-americano indica que a companhia reduzirá em 40% sua rede de concessionárias nos Estados Unidos para garantir sua sobrevivência, o que representa um fechamento total de 2.400 lojas. Para atingir este objetivo, a GM quer operar em 2010 com 3.600 concessionárias, eliminando algumas marcas como a Pontiac, Saturn, Hummer e Saab. Ao contrário dos EUA, apesar da crise que afeta todo o mundo, a GM do Brasil continua sendo uma das subsidiárias mais lucrativas da marca. Segundo o presidente da GM Brasil, Jaime Ardilla, as operações brasileiras são totalmente independentes da matriz e estão bem financeiramente, inclusive com a manutenção de investimentos anunciados. Fonte: G1/EFE/CNN

Seja parte de algo grande