Montadoras vão oficializar pedido para prorrogação da Redução IPI até dezembro

Dirigentes das montadoras Volkswagen, Fiat, GM, Ford e mais algumas instaladas no País, vão se reunir com o Ministro do Desenvolvimento Miguel Jorge na próxima semana. No encontro, oficializarão o pedido para que o governo prorrogue a redução do IPI até dezembro. A redução do IPI válida até junho estabelece que: carros de até 1.000 cilindradas ficam com a alíquota reduzida de 7% para zero; carros acima de 1.000 até 2.000 cilindradas movidos à gasolina ficam com o IPI reduzido de 13% para 6% e movidos a álcool ou flex, de 11% para 5,5%; carros acima de 2.000 cilindradas terão IPI mantido em 25% para os movidos à gasolina e em 18% para os a álcool e flex; picapes de até 1.000 cilindradas têm redução do IPI de 8% para 1%; e de 1.000 até 2.000 cilindradas terão redução geral de 8% para 4% no IPI. Os concessionários que comercializam carros 0km estão torcendo para que a redução da alíquota seja prorrogada para manter o nível de vendas. Por outro lado, lojistas e revendedores de carros usados sofrem com estoques desvalorizados e encalhados.

Seja parte de algo grande