Financiamentos de carros zero km voltam a ter prazos de até 80 meses

De forma gradativa, as vendas de veículos novos no Brasil começam a crescer, principalmente devido à redução no IPI. Com isso, os prazos para financiamentos que haviam sido encurtados com início da crise voltam a ficar mais elásticos. Nesta quinta-feira (28), o jornal Gazeta Mercantil publicou uma notícia onde destaca que banco Bradesco ampliou os prazos de 60 para 80 meses e reduziu os juros de 1,52% para 1,2% ao mês nas linhas de financiamento de veículos novos. Essa foi a terceira iniciativa de uma grande instituição financeira, em 15 dias, para aproveitar o aquecimento do mercado de veículos. No dia 15/05, o Itaú já havia anunciado a ampliação de 60 para 72 meses nos prazos de seus financiamentos para o setor. No dia 22/05, a Aymoré Financiamentos (grupo Santander) colocou em operação empréstimos também com 72 meses de prazo de pagamento.

Seja parte de algo grande