Lamborghini mostra o novo motor 6.5L V12 de 700 cv e novo câmbio ISR

Um novo superesportivo da Lamborghini está a caminho, mas antes de sua apresentação, divulga detalhes de seu novo coração: um novíssimo motor 6.5 litros V12 que gera 700 cavalos de potência a 8.250 rpm torque de 69 kgfm a apenas 5.500 rpm. Junto com o novo motor, a Lamborghini também estreará um novo câmbio.
Lamborghini mostra o novo motor 6.5L V12 de 700 cv e novo câmbio ISR
Este novo motor 6.5 litros V12 é totalmente novo - foi concebido, desenvolvido e produzido inteiramente em casa na fábrica da empresa em Sant'Agata Bolognese. Ele possui quatro válvulas por cilindro, cabeçotes feitos de uma liga de alumínio-silício, de curso curto e de construção leve para entregar os 700 cavalos de potência.
Lamborghini mostra o novo motor 6.5L V12 de 700 cv e novo câmbio ISR
Junto com o novo motor a Lamborghini apresenta um novo tipo de transmissão chamada Independent Shifting Rod (ISR). De acordo com informações iniciais divulgadas pela marca, este novo câmbio faz as trocas de marchas até 50% mais rápidas do que uma caixa de câmbio de dupla embreagem. Esta nova transmissão é uma unidade automática de sete velocidades com embreagem simples que usa a mesma tecnologia adotada por todas as equipes na Fórmula 1: o sistema denominado Seamless. O princípio de funcionamento deste câmbio é o de colocar a próxima marcha imediatamente após remover a anteriormente engatada, praticamente no mesmo tempo, sem a utilização de duas embreagens para tal. Num câmbio manual, pisamos na embreagem, desengatamos uma marcha, levamos a manopla até a marcha seguinte e então a engatamos soltando a embreagem. Agora imaginem este processo de forma automática, extremamente precisa e rápida a ponto de que assim que uma marcha desengata a outra já está engatada.
Lamborghini mostra o novo motor 6.5L V12 de 700 cv e novo câmbio ISR
Muitos fabricantes estão implementando um sistema semelhante com as caixas de dupla embreagem, selecionando duas marchas ao mesmo tempo, mas este sistema é mais pesado e volumoso, o que prejudica no desempenho final. Por enquanto este tipo de tecnologia está chegando a um superesportivo, mas quem sabe daqui a alguns anos não a veremos em carros em comuns?

Seja parte de algo grande

Lamborghini mostra o novo motor 6.5L V12 de 700 cv e novo câmbio ISR

Foto de: Fábio Trindade