Mercedes-Benz cresceu 17% em julho - Marca dispara na China e Coréia do Sul

Com 97.700 unidades vendidas em julho, a Mercedes-Benz registrou um crescimento de 17% em relação às 83.500 unidades registradas no ano passado. Em relação às 113.300 unidades vendidas em junho, no entanto, houve um recuo de 13,8%. No acumulado entre janeiro e julho, a marca de Stuttgart chegou a 654.400 unidades vendidas e garantiu um crescimento de 16% em relação às 566.600 dos 07 primeiros meses de 2009. Com 14.600 unidades comercializadas diante das 4.800 de 2009, a Mercedes apresentou na China um aumento de 205%, o maior dentre as marcas Premium e o melhor resultado da história da marca no país. O resultado mais impressionante, no entanto, foi alcançado na Coréia do Sul, onde as 1.300 unidades representaram um crescimento de 446% frente aos números de julho passado. Nos EUA, 2º maior mercado individual para a marca, as vendas atingiram 17.400 unidades, aumento de 7% em relação a 2009. No acumulado, 121.000 unidades saíram de concessionárias norte-americanas, um crescimento de 20% que colocou a Mercedes à frente de BMW e Audi.
Mercedes-Benz cresceu 17% em julho - Marca dispara na China e Coréia do Sul
O carro-chefe para os resultados da marca foi o Classe C que, com 22.200 unidades comercializadas (+15%), se tornou líder de vendas de sua categoria no mês passado. Já o Classe E, líder de seu segmento desde o 1º mês de lançamento, registrou um crescimento de 34% e chegou às 19.200 unidades. Por fim, o top de linha Classe S atingiu 5.500 unidades, número 47% maior do que o de 2009. Por: Thiago Parísio - Fonte: Daimler AG

Seja parte de algo grande