Kia quer vender mais de 100 mil carros no Brasil em 2011

A boa fase das marcas sul-coreanas no mercado mundial parece não ter limites e no Brasil o panorama não poderia ser diferente. A Kia Motors do Brasil acaba de anunciar uma meta pra lá de ambiciosa para 2011: vender mais de 100 mil unidades no país, ou quase 9 mil unidades mensais.
Kia quer vender mais de 100 mil carros no Brasil em 2011
“Sei que parece otimismo demais, mas acreditem: vamos vender 107 mil carros no próximo ano”, discursou José Luís Gandini, presidente da Kia Motors do Brasil, diante de platéia durante jantar de confraternização com concessionários nacionais. Este número representará se atingido um aumentou superior a 85% em relação às quase 58 mil unidades previstas para o encerramento de 2010.
Kia quer vender mais de 100 mil carros no Brasil em 2011
Para atingir a meta a Kia deverá se concentrar investir forte no crescimento da rede de concessionárias (atualmente com 144 revendas) e na melhoria contínua do serviço de pós-venda.
Kia quer vender mais de 100 mil carros no Brasil em 2011
Mais do que isso, a marca contará com uma das maiores e mais diversificadas linhas de produtos à disposição dos consumidores brasileiros. Após a apresentação do Cerato equipado com câmbio de seis marchas durante o mês de dezembro, a Kia trará os novos Koup e Cerato Hatch em fevereiro.
Kia quer vender mais de 100 mil carros no Brasil em 2011
Em março será a vez do novo Optima, sedã que enfrentará concorrentes como Ford Fusion, Chevrolet Malibu e Hyundai Sonata. O Soul flex, primeiro modelo de uma marca coreana equipado com esta tecnologia, também deverá surgir até junho. Já para o segundo semestre a aposta da Kia ficará por conta da chegada do Cerato flex e das novas gerações do Picanto, menor modelo da marca, e do Rio, sedã abaixo do Cerato e que será vendido no país pela 1ª vez para concorrer diretamente com modelos como Honda City e Ford New Fiesta. Por: Thiago Parísio - Fonte: AUTO ESPORTE

Seja parte de algo grande