Mercosul: Uma placa para todos

A proposta é de longo prazo, mas a partir de 2016 o Mercosul (Mercado do Cone Sul) seguirá o exemplo da União Europeia: o de uma placa única para todos os países que compõem o bloco.
Mercosul: Uma placa para todos
O projeto foi aprovado na XL Cúpula, em Foz do Iguaçu (PR), e o modelo proposto foi apresentado durante a palestra do chanceler brasileiro e secretário – geral adjunto para as Américas do Sul e Central e Caribe, Antonio Simões.
Mercosul: Uma placa para todos
Inicialmente, os veículos comerciais de Brasil, Argentina, Paraguai e Uruguai serão os contemplados. Para as outras categorias, como os carros de passeio, o item será obrigatório a partir de 2018, quando todos os veículos novos já receberão a placa com o símbolo do bloco.
Mercosul: Uma placa para todos
O cadastro será integrado permitindo que os veículos dos países membros possam circular livremente nos vizinhos e que as infrações sejam cobradas de forma única. Quanto à combinação dos números das placas, esta ficará a cargo das autoridades de cada país. Por: Michelle Sá - Fonte: G1

Seja parte de algo grande

Mercosul: Uma placa para todos

Foto de: Michelle Sá