BMW bateu recorde histórico de vendas na América Latina e Caribe em 2010

O BMW Group completou 2010 com um recorde absoluto de vendas, totalizando 22.235 veículos BMW e MINI na região da América Latina e Caribe. Este resultado representa um crescimento de 51% (ano anterior: 14.761) para a região. No Brasil, a marca contabilizou 9.886 unidades em 2010, o que representa um aumento de 55% em relão ao ano anterior. “Parte do sucesso em 2010 deveu-se à introdução de quatro importantes novos modelos: os novos BMW X1 e BMW X3, o novo BMW Série 5 e o novíssimo MINI Countryman, criando um público-alvo totalmente novo para o MINI”, disse Gernot Volkmer, CEO do BMW Group América Latina e Caribe. A marca BMW manteve sua liderança no segmento Premium (*) com 19.078 veículos entregues a clientes em 2010 (ano anterior: 12.768 unidades / +49%) na região da América Latina e Caribe. A BMW Brasil continuou crescendo com força, totalizando 8.166 unidades (ano anterior: 5.375 / +52%) e registrando o melhor ano de todos os tempos em termos de vendas, assim como a BMW Argentina com 3.731 unidades (ano anterior: 2.353 / +59%). O mercado importador com melhor desempenho foi o Chile com 1.936 unidades entregues (ano anterior: 1.036 / +87%).
BMW bateu recorde histórico de vendas na América Latina e Caribe em 2010
O BMW Série 3 continua sendo o modelo campeão de vendas da BMW com 6.471 unidades (ano anterior: 5.161/ +25%). O novo BMW X1, o primeiro SAV compacto, atingiu 3.242 unidades vendidas em seu primeiro ano.
BMW bateu recorde histórico de vendas na América Latina e Caribe em 2010
O BMW Série 1 Hatch de 5 portas com 2.262 unidades vendidas (ano anterior: 2.090 / +8%) continua a dominar o segmento de veículos Premium compactos. Finalmente, com apenas 6 meses de disponibilidade total nos mercados, o novo BMW Série 5 sedã totalizou 1.341 unidades vendidas a clientes (+22% em relação ao ano anterior).
BMW bateu recorde histórico de vendas na América Latina e Caribe em 2010
A MINI também registrou seu melhor ano de todos os tempos na região, com 3.157 unidades entregues (ano anterior: 1.993 / +58%). No Brasil, a marca totalizou 1.720 unidades vendidas. Na Argentina, a marca conquistou seu melhor desempenho com 548 unidades entregues (ano anterior: 380 / +44%). No Chile e Colômbia, a MINI conseguiu vender 304 e 303 unidades respectivamente.

Seja parte de algo grande