BMW, Peugeot e Citroën: juntas pelos híbridos

Mais dois grandes grupos automotivos decidiram “unir” forças. A BMW e a PSA Peugeot Citroën acabam de anunciar a criação da BMW Peugeot Citroën Electrification, que será responsável por desenvolver e fabricar componentes para automóveis híbridos. A cooperação entre elas não é recente. Em 2006 a PSA e a BMW se uniram para fabricar motores a gasolina - dentre eles o propulsor 1.6 Turbo que equipa o Mini e o Peugeot 3008, ambos comercializados no Brasil. Até o momento 1,8 milhões de motores já foram produzidos.
BMW, Peugeot e Citroën: juntas pelos híbridos
A nova joint-venture terá entre suas metas, o desenvolvimento de novas tecnologias e a redução de custos para ambas as marcas. Na linha de produção entrarão baterias, geradores, máquinas elétricas, eletrônica de potência, geradores e softwares para gerenciar sistemas. Além disso, será possível às outras montadoras adquirir os produtos desenvolvidos BMW Peugeot Citroën Electrification. "Essa cooperação nos permitirá realizar importantes economias de escala no campo da eletrificação dos veículos. Ela também marca uma etapa importante rumo à mobilidade sustentável", declarou Norbert Reithofer, Presidente do Conselho de Administração da BMW AG. "Graças a essa joint-venture, vamos desenvolver e enriquecer nossos conhecimentos, dando origem a um líder europeu da inovação na área do automóvel híbrido", acrescentou Philippe Varin, Presidente Mundial da PSA Peugeot Citroën. O início das operações está previsto para o segundo semestre de 2011, caso a joint-venture seja aprovada pelos órgãos competentes. O resultado poderá ser visto nos veículos a partir de 2014, quando os novos componentes híbridos passarão a equipar os carros de ambas as marcas. Por: Michelle Sá - Fonte: Divulgação

Seja parte de algo grande

BMW, Peugeot e Citroën: juntas pelos híbridos

Foto de: Fábio Trindade