Com mais de 20% de crescimento, Mercedes começa 2011 com pé no acelerador

No mês em que comemora os 125 anos da patente do 1º automóvel da história a Mercedes-Benz começou 2011 com o pé direito. A marca alemã comercializou 82.700 unidades em janeiro em todo o planeta, um número 23% maior do que as 67 mil unidades vendidas no início de 2010. A Mercedes tem expectativas elevadas para 2011. A meta da empresa é superar ao longo do ano o total de vendas registrado em 2007 e garantir o melhor resultado da história da marca. A China parece ser essencial para que este resultado seja factível e já começou a dar a sua contribuição. As vendas no maior mercado mundial cresceram 87%, o maior entre todas as concorrentes, e chegaram às 15.600 unidades (8.300 em 2010). Já nos EUA o crescimento foi um pouco mais modesto (+11%), mas as 16.400 unidades vendidas (2010: 14.700) foram suficientes para garantir à marca a liderança entre as marcas Premium. Na Alemanha, terra natal, a Mercedes registrou 11.100 unidades e fechou janeiro como havia terminado 2011: à frente de suas grandes rivais Audi e BMW e com crescimento de 20% (2010: 9.300). A situação dos modelos
Com mais de 20% de crescimento, Mercedes começa 2011 com pé  no acelerador
Mesmo com o lançamento da linha 2011, apresentada oficialmente durante o Salão de Detroit, a atual Classe C (sedã e station) registrou aumento de 23% nas vendas na comparação com o mesmo período de 2009 e pôs nas ruas 22.100 novas unidades.
Com mais de 20% de crescimento, Mercedes começa 2011 com pé  no acelerador
A Classe E em suas três versões (sedã, coupé e station) atingiram 22.700 unidades, crescimento de 18%. Já a Classe S, mesmo com novos competidores no segmento, se manteve como líder entre os modelos de alto luxo com 5.300 unidades (+24%). Por: Thiago Parísio - Fonte: Daimler AG

Seja parte de algo grande

Com mais de 20% de crescimento, Mercedes começa 2011 com pé no acelerador

Foto de: Fábio Trindade