Impressões ao dirigir: Novo VW Tiguan 2012

Durante o evento de lançamento do Novo Volkswagen Tiguan 2012, tivemos a oportunidade de rodar com o utilitário por alguns quilômetros em Minas Gerais. Equipado com o eficiente motor 2.0 TSI de 200 cavalos de potência e câmbio automático de seis velocidades, o Tiguan 2012 demonstrou boa disposição para o asfalto e também para trechos não pavimentados.
Impressões ao dirigir: Novo VW Tiguan 2012
Clique nas imagens para ver em alta resolução. Como falamos na matéria anterior, o Novo Tiguan 2012 chega ao mercado brasileiro com uma boa lista de equipamentos (clique aqui para ver), que aliado ao bom conjunto mecânico, o tornam uma opção atrativa frente a alguns concorrentes na casa dos R$ 110 mil.
Impressões ao dirigir: Novo VW Tiguan 2012
Apesar das mudanças aplicadas terem sido relativamente pequenas, a identidade global da marca fez bem ao modelo. O novo conjunto ótico na parte dianteira, composto pelo opcional de LEDs, transmite mais modernidade ao Tiguan. As lanternas traseiras tiraram um pouco da personalidade do utilitário, ficando muito parecidas com a de outros modelos da marca alemã. As rodas esportivas de liga leve, tanto nas versões de 17 quanto nas de 18 polegadas, possuem desenho moderno e casa bem com o estilo do carro.
Impressões ao dirigir: Novo VW Tiguan 2012
Na parte interna a Volkswagen trabalhou no aprimoramento do acabamento interno. De série, os bancos passam a contar com revestimento parcial de alcantara e tecido, em diversos tons, enquanto o acabamento dos bancos totalmente em couro são opcionais. Observando a cabine nota-se uma construção refinada, com encaixes precisos, sem rebarbas, com plásticos em algumas áreas, porém, com materiais agradáveis ao toque em todos os lados. A ergonomia também é um dos destaques do modelo com comandos fáceis de serem acessados.
Impressões ao dirigir: Novo VW Tiguan 2012
Como novidades, o Tiguan 2012 passa a contar com um novo computador de bordo com display colorido, um novo sistema de navegação GPS integrado (opcional) e os volantes com aletas para troca de marchas manualmente (item de série em todas as versões). O modelo também confere uma boa visibilidade. Encontrar a posição ideal para dirigir é fácil, com ajustes de altura e profundidade do volante e também de altura banco do motorista.
Impressões ao dirigir: Novo VW Tiguan 2012
Ao volante Para começar o teste, o Tiguan já apresenta o Kessy, a partida sem chave através de um botão. Ao rodar com o Tiguan 2012, a sensação é a mesma da versão anterior. E isso não é nada ruim. Com o mesmo conjunto mecânico, motor 2.0 TSI e câmbio automático de seis marchas, o Tiguan oferece arrancadas vigorosas e boa agilidade. De acordo com os dados divulgados pela Volkswagen, Tiguan acelera de 0 a100 km/h em apenas 8,5 segundos e atinge a velocidade máxima de 207 km/h.
Impressões ao dirigir: Novo VW Tiguan 2012
Na primeira parte do trajeto, pegamos um pouco de trânsito no Anel Viário de Belo Horizonte. Bem, até mesmo o trânsito foi produtivo porque conseguimos testar o Auto-Hold, o sistema que mantém o freio acionado ao parar completamente o carro sem necessidade de ficar pressionando o pedal do freio. Este sistema evita aqueles pequenos "pulos" quando se solta de forma involuntária o pedal do freio além de também facilitar nas manobras de estacionamento. Pelo menos no trânsito, a função trabalhou de modo muito satisfatório.
Impressões ao dirigir: Novo VW Tiguan 2012
Na BR-040, foi possível notar extrair um pouco mais do motor. A direção é direta e responde prontamente aos comandos do volante, aliado à agilidade proporcionada pelos 28,5 kgfm de torque do motor distribuído pelo sistema de tração integral 4Motion, o Tiguan chega até a passar a mesma impressão de condução de um carro menor. A suspensão também demonstra um bom ajuste, o que confere ao utilitário uma boa estabilidade. Nas curvas, a inclinação da carroceria é mínima e a sensação é de que o carro está sempre na mão. Com o controle de tração ativado (ASR), o Tiguan fica literalmente colado no chão.
Impressões ao dirigir: Novo VW Tiguan 2012
Também passamos por um longo trecho de terra batida. Mesmo nesta situação, o Tiguan demonstrou um bom comportamento. Andando "forte" no trecho, mantendo as rodas tracionadas, o controle de tração atuou de forma impecável nas curvas, deixando o modelo com uma saída mínima de traseira. Só para conferir o trabalho do sistema, desativamos o ASR e o carro parecia outro, com a traseira saindo completamente e a necessidade de se controlar agilmente no braço. No restante do trajeto, a suspensão trabalhou de forma satisfatória na terra oferecendo conforto aos passageiros. O preço de R$ 110 mil compensa? Caro realmente é, mas considerando que alguns concorrentes não contam com um conjunto mecânico tão eficiente, 200 cavalos de potência e a farta lista de itens de série, o Tiguan aparece como uma boa opção. Para ficar mais atrativo faltou apenas a transmissão DSG (dupla embreagem) oferecida na Europa, mas isso não tira os méritos do modelo. Veja mais fotos do Tiguan 2012
Impressões ao dirigir: Novo VW Tiguan 2012
Impressões ao dirigir: Novo VW Tiguan 2012
Impressões ao dirigir: Novo VW Tiguan 2012
Impressões ao dirigir: Novo VW Tiguan 2012
Impressões ao dirigir: Novo VW Tiguan 2012
Impressões ao dirigir: Novo VW Tiguan 2012
Impressões ao dirigir: Novo VW Tiguan 2012
 
Impressões ao dirigir: Novo VW Tiguan 2012
Impressões ao dirigir: Novo VW Tiguan 2012
Impressões ao dirigir: Novo VW Tiguan 2012
Impressões ao dirigir: Novo VW Tiguan 2012
Impressões ao dirigir: Novo VW Tiguan 2012
Impressões ao dirigir: Novo VW Tiguan 2012
Impressões ao dirigir: Novo VW Tiguan 2012
Por: Fábio Trindade De Belo Horizonte Viagem à convite da Volkswagen

Seja parte de algo grande

Impressões ao dirigir: Novo VW Tiguan 2012

Foto de: Fábio Trindade