BMW e Volkswagen em batalha pelo carbono

Alardeado como o material do futuro, o carbono entrou no meio de uma disputa entre Volkswagen e BMW. As duas marcas alemãs consideram elevar suas cotas de ações na SGL Carbon, empresa especializada em carvão e grafite para diversas aplicações industriais. O prelúdio da guerra entre as gigantes teve inicio no começo deste ano, quando Susanne Klatten, membro do conselho da BMW, comprou 27,3% das ações da SGL Carbon e elevou a participação da montadora para 29%. Hipoteticamente, isto permitiria a BMW maior pressão a seu favor e maior poder de veto quanto às outras montadoras, inclusive a Volkswagen. Atenta aos passos da concorrente, a Volks tratou de alardear a manobra e comunicar o seu interesse em elevar sua presença na SGL para 15% ou 16%. "Se o preço é justo, vamos aumentar nossa participação", disse um executivo da Volkswagen à publicação Der Spiegel. Caso isso venha a ocorrer, as companhias alemãs exercerão maior influência sobre o produtor da fibra, que é de extrema importância para a produção de componentes automotivos e que estará presente nas próximas gerações de vários modelos de diversos fabricantes. Por Michelle Sá / Fonte: Motor Trend

Seja parte de algo grande