Fim de linha para os esportivos da Spyker

Quando adquiriu a Saab no ano passado, a Spyker almejava lucros em curto prazo. Mas não foi bem isso o que aconteceu. Até agora quem tem coberto os prejuízos causados pela marca sueca tem sido a empresa holandesa. De acordo com as estimativas do grupo, a Saab só deverá dar lucros em 2012. Por conta disso, o CEO da Spyker, Victor Muller, decidiu repassar seu negócio de modelos esportivos para se dedicar apenas à marca adquirida e revelou que a empresa chegou a um acordo com a CPP Holding para repassar sua divisão de esportivos.
Fim de linha para os esportivos da Spyker
"Sem a Spyker não teria sido possível adquirirmos a Saab, mas o negócio Spyker rapidamente se tornou um peixe pequeno num grande lago", confessou Muller. A CPP Holdings, de propriedade do milionário russo Vladimir Antonov, detinha 29,9% da Spyker antes da venda da Saab. Entretanto, como a Spyker adquiriu a montadora sueca junto a GM, a fabricante norte-americana impôs a Antonov que vendesse sua participação. A quantia acertada pela venda é de 32 milhões de euros, com uma primeira parcela de 15 milhões. Os 17 milhões restantes deverão ser pagos dentro de seis anos. Por: Michelle Sá / Fonte: Automotor

Seja parte de algo grande

Fim de linha para os esportivos da Spyker

Foto de: Thiago Parísio