França, 1º semestre: Conheça as marcas e modelos mais vendidos

As vendas de veículos novos na França chegaram à marca de 1.225.148 unidades entre janeiro e junho de 2011. Este número representa um incremento de apenas 1% em relação às 1.212.436 unidades do mesmo período de 2010. As marcas francesas dominaram o ranking, com a Renault fechando o semestre à frente das rivais Peugeot e Citroën graças às 246.592 unidades comercializadas. A vantagem em relação à 2ª colocada foi de pouco mais de 25 mil unidades. VW e Ford completaram as primeiras posições. Destaque para a Dacia, 7ª colocada, e para a Nissan, melhor entre as asiáticas.
França, 1º semestre: Conheça as marcas e modelos mais vendidos
Coube ao Peugeot 207 a honra de liderar a disputa entre os modelos, com quase 92 mil unidades e uma diferença superior a 11 mil unidades em relação ao Renault Clio, vice-líder. 9º colocado, o VW Polo foi o melhor dos que não são produzidos por uma das três grandes montadoras da França. O Dacia Duster manteve o bom desempenho comercial e fechou na 10ª posição.
França, 1º semestre: Conheça as marcas e modelos mais vendidos
Conheça agora as 20 marcas e modelos que se destacaram no 1º semestre: MARCAS 1. Renault 246.592 2. Peugeot 220.940 3. Citroën 188.437 4. VW 87.387 5. Ford 65.508 6. Opel 57.113 7. Dacia 47.738 8. Nissan 36.073 9. Toyota 35.801 10. Fiat 34.003 11. Audi 30.672 12. BMW 23.417 13. Mercedes 23.073 14. Seat 17.930 15. Kia 13.670 16. Chevrolet 13.320 17. Mini 10.804 18. Hyundai 10.709 19. Skoda 10.066 20. Alfa Romeo 9.276 MODELOS 1. Peugeot 207 91.646 2. Renault Clio 80.365 3. Renault Mégane 76.577 4. Citroën C3 66.603 5. Citroën C4 54.700 6. Peugeot 308 36.411 7. Renault Twingo 34.374 8. Peugeot 3008 30.000 9. VW Polo 27.610 10. Dacia Duster 27.427 11. Ford Fiesta 26.186 12. Opel Corsa 23.679 13. VW Golf 23.067 14. Citroën DS3 19.347 15. Citroën C5 16.250 16. Peugeot 5008 15.757 17. Renault Modus 15.596 18. Dacia Sandero 15.325 19. Nissan Qashqai 15.063 20. Renault Laguna 14.810 Por Thiago Parísio / Fonte: CCFA

Seja parte de algo grande