Governo japonês refuta contaminação nuclear em carros exportados

Diante da catástrofe japonesa, houve questionamentos internacionais sobre a possibilidade dos carros a serem exportados pelo país asiático estivessem contaminados pela radiação da usina de Fukushima e, consequentemente, proporcionassem problemas para os países de destino.
Governo japonês refuta contaminação nuclear em carros exportados
Contudo, diante da repercussão do assunto, o governo japonês tratou logo de refutar tais comentários afirmando que os níveis de radiação ainda não tinham atingido níveis alarmantes e que não haveria problema de contaminação nos veículos fabricados no país e exportados, principalmente para os Estados Unidos. Já as montadoras japonesas Toyota, Honda e Nissan asseguraram que suas unidades estão localizadas em áreas afastadas das instalações nucleares, exceto uma das fábricas da Nissan. O governo norte-americano tem feito, em seus portos, checagens de radiação e de quaisquer outras coisas que venham a considerar como ameaças para seus cidadãos. Por: Michelle Sá / Fonte: Car Magazine

Seja parte de algo grande

Governo japonês refuta contaminação nuclear em carros exportados

Foto de: Thiago Parísio