GM utiliza programa Pró-Veículos para investir em São Paulo

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, recebeu na última sexta-feira (18/03), uma comitiva da General Motors no Palácio dos Bandeirantes. Formado principalmente pelo CEO da GM, Dan Akerson, e pelo presidente da marca para a América do Sul, Jaime Ardilla, o grupo confirmou, logo após o encontro, a abertura de um terceiro turno de trabalho na linha de produção em São Caetano do Sul. Para tanto, a GM deverá se beneficiar de um programa criado pelo governo do Estado. O Pró-Veículos permite aos fabricantes aplicar créditos de ICMS na modernização, ampliação de plantas industriais, construção de novas fábricas e desenvolvimento de novos produtos. Ele pode ser utilizado por fabricantes de máquinas, equipamentos e veículos automotores, detentores de crédito acumulado apropriado de valor igual ou superior a R$ 5 milhões (US$ 2,9 milhões), cujo investimento seja igual ou superior a R$ 30 milhões (US$ 17,6 milhões). Caso a empresa não seja detentora de crédito acumulado ou saldo credor de ICMS, haverá concessão, mediante regime especial, de suspensão ou diferimento do imposto devido na importação ou na aquisição interna de máquinas e equipamentos destinados ao ativo imobilizado, de forma a desonerar os investimentos em bens de capital. O novo investimento proporcionado pela GM garantirá 1,5 mil novos postos de trabalho para o estado de São Paulo. As contratações deverão acontecer a partir do segundo semestre, quando também deverá iniciar o novo turno. A marca confirmou, além das contratações, a produção de quatro modelos inéditos no Brasil. Por: Michelle Sá / Fonte: Automotive Busines

Seja parte de algo grande