Lifan anuncia que vai desenvolver novo carro no Brasil - Investimento é de US$ 70 milhões

A Lifan e o Grupo Effa já havia informado que a construção de um centro de pesquisa e desenvolvimento da montadora no Brasil, o que será o primeiro instalado fora da China. As duas empresas serão sócias no projeto, que consumirá investimentos em torno de US$ 70 milhões nos próximos quatro anos. Agora, a empresa confirma que irá projetar um novo modelo de automóvel compacto, que ocupará um segmento de mercado abaixo do atual Lifan 320.
Lifan anuncia que vai desenvolver novo carro no Brasil - Investimento é de US$ 70 milhões
“O Brasil foi escolhido como porta de entrada dos veículos Lifan nas Américas por ter uma indústria automotiva madura. É também um País cujo mercado automobilístico e seus requisitos se assemelham muito aos mercados americano e europeu, com legislação similar e consumidores igualmente exigentes. Isso, somado ao fato de estarmos passando por uma das melhores fases históricas de crescimento, faz do Brasil um local perfeito para desenvolver novos produtos e tecnologias”, explica Ronaldo Mazará Junior, diretor de Engenharia do Grupo Effa e responsável pelo projeto. Em nota, a marca informa que o carro ajudará a marca ampliar a sua atuação mundial. "Outro foco importante será desenvolver veículos movidos a energias alternativas, como a elétrica", diz Ronaldo Mazará Junior, diretor de Engenharia do Grupo Effa e responsável pelo projeto. Inicialmente, o Lifan South American Research and Development Center começa a operar dentro da atual sede do Grupo Effa, no bairro de Tamboré, em Barueri, na Região Metropolitana de São Paulo - um prédio com seis andares que concentra toda a operação do Grupo atualmente e emprega cerca de 110 funcionários. Até o fim do próximo ano, o centro será transferido para um novo local no estado de São Paulo, no eixo entre as cidades de São Paulo e Campinas, onde serão instalados todos os equipamentos, máquinas e laboratórios. O Lifan South American Research and Development Center deverá empregar cerca de 20 profissionais, entre engenheiros e técnicos, até o final de 2012. Este quadro deverá ser ampliado para 50 funcionários diretos até o final de 2014.

Seja parte de algo grande

Lifan anuncia que vai desenvolver novo carro no Brasil - Investimento é de US$ 70 milhões

Foto de: Fábio Trindade