Missão impossível, etapa argentina: conseguir carros importados para o U2

A turnê que a Banda U2 fará pela América do Sul nem começou e os astros já dão o que falar. Para que as apresentações no Chile saíssem do jeito que todos imaginam, tem-se que atender os gostos um tanto extravagantes dos ídolos. Na lista de caprichosas exigências está a construção de 14 camarins e tenda para que os familiares assistam à apresentação de forma confortável, 350 toalhas brancas, 75 celulares do tipo Blackberry com chamada internacional, 15 tradutores, massagista e cilindros de oxigênio. Pouco, não. Dentre outras regalias estão 24 geladeiras, 14 mil litros de diversas bebidas, uma tonelada de gelo, um chef exclusivo e até mesmo um estilista com currículo impecável.
Missão impossível, etapa argentina: conseguir carros importados para o U2
O pior, entretanto, diz respeito aos carros. Foram solicitados três Mercedes, três BMW e três Chrysler. No Chile, os pedidos prontamente serão atendidos, mas e na Argentina?
Missão impossível, etapa argentina: conseguir carros importados para o U2
Quando a lista de exigências foi apresentada aos organizadores dos shows um frio percorreu a espinha dos hermanos. Isso porque, com as restrições às importações de veículos pelo governo local desde janeiro, conseguir, a essa “altura do campeonato”, nove unidades zero-quilômetro se mostrou algo praticamente inviável. Descartada a possibilidade o jeito vai ser se virar com unidades semi-novas. Os irlandeses bem devem estar pensando que tempos bons foram aqueles em que os integrantes da banda Rolling Stones desfilaram pelas ruas de Buenos Aires numa frota novinha em folha de Mercedes Benz. Em relação ao Brasil, ainda não se sabe se os pedidos serão os mesmos. De qualquer forma, que venham Bono e seus seguidores, pois estaremos preparados e nossos carros também. Por: Michelle Sá / Fonte: Autoblog Argentina / R7

Seja parte de algo grande

Missão impossível, etapa argentina: conseguir carros importados para o U2

Foto de: Thiago Parísio